FECHAR
FECHAR
Voltar

Painel

Revista M&T Edição 153 - 02/2012

País pode ganhar indicador de investimentos

A partir de uma proposta da Confederação Nacional da Indústria (CNI), o governo federal estuda a criação de um indicador para medir os investimentos em infraestrutura no país. De acordo com José de Freitas Mascarenhas, presidente do conselho de infraestrutura da CNI, algumas estatísticas já oferecem esses dados, mas os estudos são feitos por consultorias e não têm o grau de precisão que seria possível se o cálculo fosse feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), abastecido por outras bases de dados do governo. “Temos enorme déficit em infraestrutura”, ele avalia. “Daí a importância em saber qual o estágio em que nos encontramos para convencer o governo a elevar o investimento, que é baixo.”

Uma das poucas estatísticas disponíveis sobre o assunto no país é a da Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (Abdib). O dado de 2010, o mais recente, aponta para investimentos totais de R$ 146,5 bilhões, o mais alto desde 2003. Segundo cálculos da entidade, a expectativa de investimentos entre 2011 e 2015 seria de R$ 922 bilhões. A Sobratema, por sua vez, estima que o país receberá o aporte de R$ 1,48 trilhão em 12.265 projetos no período entre 2011 e 2016.

Atualmente, técnicos do IBGE e dos Ministérios do Planejamento e da Fazenda discutem ajustes à proposta da CNI. Os debates estão em estágio inicial e serão necessários alguns anos até que o novo indicador esteja plenamente desenvolvido.

 

10/02/2012
10/02/2012
10/02/2012