P U B L I C I D A D E

ABRIR
FECHAR

P U B L I C I D A D E

ABRIR
FECHAR
Qualidade
Voltar

Qualidade

Treinamento de plataforma para trabalho aéreo garante segurança aos clientes

Os treinamentos são ministrados em todos os tipos de plataformas que a Cunzolo trabalha, com alturas variadas, de 6 a 41 metros

Assessoria de Imprensa

07/04/2015 08h24 | Atualizada em 07/04/2015 18h41

As plataformas para trabalho aéreo locadas pela Cunzolo Guindastes e Plataformas são equipamentos operados pelo próprio cliente e, para que essa utilização seja segura e eficaz, a empresa realiza uma série de treinamentos com instrutores formados pelo fabricante e também pelo processo interno da empresa.

Os treinamentos são ministrados em todos os tipos de plataformas que a Cunzolo trabalha (pantográfica, articulada e plataforma sobre caminhão) com alturas variadas, de 6 a 41 metros, e turmas de no máximo 10 pessoas.

Segundo Thiago Fontana, responsável pela execução dos treinamentos de PTA na Cunzolo desde 2011, o treinamento disponibilizado pela empresa é imprescindível.

“Hoje em dia o treinamento é uma etapa indispensável para o futuro operador. Nele são passadas todas as noções de operação, inspeção e segurança, com o intuito de prevenir acidentes e incidentes”, afirma.

Fontana explica que a primeira etapa do treinamento é teórica, com orientações sobre os conceitos de operação do equipamento, os riscos inerentes ao trabalho e os dispositivos de emergência.

“Na parte prática, o candidato a operador realiza um circuito predefinido pelo instrutor, contendo todas as operações d

...

As plataformas para trabalho aéreo locadas pela Cunzolo Guindastes e Plataformas são equipamentos operados pelo próprio cliente e, para que essa utilização seja segura e eficaz, a empresa realiza uma série de treinamentos com instrutores formados pelo fabricante e também pelo processo interno da empresa.

Os treinamentos são ministrados em todos os tipos de plataformas que a Cunzolo trabalha (pantográfica, articulada e plataforma sobre caminhão) com alturas variadas, de 6 a 41 metros, e turmas de no máximo 10 pessoas.

Segundo Thiago Fontana, responsável pela execução dos treinamentos de PTA na Cunzolo desde 2011, o treinamento disponibilizado pela empresa é imprescindível.

“Hoje em dia o treinamento é uma etapa indispensável para o futuro operador. Nele são passadas todas as noções de operação, inspeção e segurança, com o intuito de prevenir acidentes e incidentes”, afirma.

Fontana explica que a primeira etapa do treinamento é teórica, com orientações sobre os conceitos de operação do equipamento, os riscos inerentes ao trabalho e os dispositivos de emergência.

“Na parte prática, o candidato a operador realiza um circuito predefinido pelo instrutor, contendo todas as operações do equipamento”, diz.

Atualmente, a Cunzolo conta com dois modelos de formação de instrutores disponíveis no Brasil: o primeiro é realizado pelo próprio fabricante, em datas predefinidas, e o segundo modelo é o oferecido pela IPAF (International Powered Access Federation), organização sem fins lucrativos que desempenha o papel de órgão regulador dos procedimentos de segurança em todo o mundo.