FECHAR
FECHAR
30 de maio de 2012
Voltar
M&T Expo 2012

Terex: Oito lançamentos marcam a presença da empresa

O estande de 2.088 m² de área, um dos maiores da feira, demonstra as boas expectativas da Terex em relação à M&T Expo 2012.

Outra prova disso é que esse espaço será palco para o lançamento de oito novos produtos, além da apresentação de outros 12 modelos de equipamentos, o que confirma a credibilidade do evento junto à fabricante.

“A M&T Expo é uma oportunidade para estreitarmos o relacionamento entre a nossa equipe, clientes e distribuidores, além de ser o momento ideal para apresentarmos os lançamentos com impacto positivo no mercado”, diz Daniela Lemes, gerente sênior de marketing da Terex. Entre as novidades previstas estão a recicladora e estabilizadora de asfalto RS 446 e a pavimentadora VDA 600 G3, produtos da divisão de Roadbuilding.

O primeiro equipamento vem com cabine climatizada, tambor bidirecional e direção nas quatro rodas. “Essa máquina oferece profundidade de corte 25% maior, chegando a até 20 polegadas, o que resulta em produtividade até 30% maior na realização de obras rodoviárias”, diz Daniela. A RS 446 é equipada com cabine deslizante, além de motor diesel de 415 CV, transmissão com duas velocidades de deslocamento e velocidade operacional de até 47 m/min. O seu peso operacional é de 27 t, a altura é de 3,5 m e a largura de 3,2 m.

Já a nova pavimentadora, de acordo com a Terex, oferece melhorias ergonômicas tanto para o operador do posto de comando que passa a contar com joystick hidráulico quanto para aquele que opera a mesa compactadora. “Além disso, o novo manípulo do ângulo de ataque permite realizar a regulagem da mesa compactadora sem interromper a operação de pavimentação, trazendo mais produtividade à operação.” Daniela salienta que outra novidade do equipamento é a chapa alisadora fabricada em aço AR 400 para apresentar maior resistência ao desgaste.

Ainda na divisão Roadbuilding, a Terex lançará a usina de asfalto móvel e gravimétrica. O equipamento vem com dois módulos na versão básica e três na versão completa, que ainda conta com todos os opcionais, exceto a tancagem, que dependerá da demanda de cada cliente. “A mobhilização desse equipamento requer o uso de guindastes com grande capacidade de carga e o seu tempo de montagem e início de operação é estimado em apenas 10 dias”, diz Daniela.

A nova usina de asfalto tem capacidade produtiva de 120 a 150 t/h, dependendo do tipo de mistura com a qual irá trabalhar, e ainda vem equipada com sistema de tanques, que pode ser fornecido com agitadores e tubulações para misturas de asfalto convenci


Outra prova disso é que esse espaço será palco para o lançamento de oito novos produtos, além da apresentação de outros 12 modelos de equipamentos, o que confirma a credibilidade do evento junto à fabricante.

“A M&T Expo é uma oportunidade para estreitarmos o relacionamento entre a nossa equipe, clientes e distribuidores, além de ser o momento ideal para apresentarmos os lançamentos com impacto positivo no mercado”, diz Daniela Lemes, gerente sênior de marketing da Terex. Entre as novidades previstas estão a recicladora e estabilizadora de asfalto RS 446 e a pavimentadora VDA 600 G3, produtos da divisão de Roadbuilding.

O primeiro equipamento vem com cabine climatizada, tambor bidirecional e direção nas quatro rodas. “Essa máquina oferece profundidade de corte 25% maior, chegando a até 20 polegadas, o que resulta em produtividade até 30% maior na realização de obras rodoviárias”, diz Daniela. A RS 446 é equipada com cabine deslizante, além de motor diesel de 415 CV, transmissão com duas velocidades de deslocamento e velocidade operacional de até 47 m/min. O seu peso operacional é de 27 t, a altura é de 3,5 m e a largura de 3,2 m.

Já a nova pavimentadora, de acordo com a Terex, oferece melhorias ergonômicas tanto para o operador do posto de comando que passa a contar com joystick hidráulico quanto para aquele que opera a mesa compactadora. “Além disso, o novo manípulo do ângulo de ataque permite realizar a regulagem da mesa compactadora sem interromper a operação de pavimentação, trazendo mais produtividade à operação.” Daniela salienta que outra novidade do equipamento é a chapa alisadora fabricada em aço AR 400 para apresentar maior resistência ao desgaste.

Ainda na divisão Roadbuilding, a Terex lançará a usina de asfalto móvel e gravimétrica. O equipamento vem com dois módulos na versão básica e três na versão completa, que ainda conta com todos os opcionais, exceto a tancagem, que dependerá da demanda de cada cliente. “A mobhilização desse equipamento requer o uso de guindastes com grande capacidade de carga e o seu tempo de montagem e início de operação é estimado em apenas 10 dias”, diz Daniela.

A nova usina de asfalto tem capacidade produtiva de 120 a 150 t/h, dependendo do tipo de mistura com a qual irá trabalhar, e ainda vem equipada com sistema de tanques, que pode ser fornecido com agitadores e tubulações para misturas de asfalto convencional, asfalto modificado com polímeros ou asfalto morno (WMA).

Na linha de plataformas aéreas de trabalho, uma das novidades fica por conta de um modelo com braço telescópico autopropulsado. “Esse equipamento é voltado para o segmento de construção naval, pois se destaca pela resistência à maresia, oxidação pesada, pingos de solda e outras agressões.”, afirma Daniela. Novos modelos de torre de iluminação, de plataforma pantográfica e manipulador telescópico completam os lançamentos nessa linha de produtos.

Na divisão de processamento de materiais, por sua vez, composta pelos britadores móveis da Powerscreen, a novidade é o modelo compacto XH250. “Esse equipamento será exibido pela primeira vez em uma feira latino-americana”, adianta a executiva. Ela explica que XH250 é um conjunto compacto sobre esteiras projetado para operações de pequeno e médio portes nos mercados de reciclagem e demolição. “Com capacidade nominal de 250 t/h, essa máquina processa uma ampla variedade de materiais.”

Na M&T Expo 2012, a Terex também apresentará os cestos aéreos isolados montados sobre caminhões e uma ampla gama de ferramentas e soluções para trabalhos em linhas energizadas e materiais isolantes. Essa é uma divisão de negócios que a multinacional passou a operacionalizar no segundo semestre de 2011, após adquirir o controle acionário da Ritz do Brasil. “Com essa divisão, a Terex Latin America reforça a sua presença no segmento de utilities, passando a atuar na construção e manutenção de linhas energizadas de até 800 kV”, informa Daniela.

www.terexla.com.br

www.terexrb.com.br