FECHAR
FECHAR
04 de julho de 2012
Voltar
M&T Expo 2012

Compromisso com a sustentabilidade

Atenta à questão da sustentabilidade na construção, a M&T Expo 2012 manteve a iniciativa já adotada em edições anteriores em desenvolver um plano ambiental para sua realização.

Entre as iniciativas adotadas, a organização da feira criou um “selo verde” para concessão aos expositores que comprovaram a prática de ações para diminuir a emissão de poluentes decorrentes das atividades realizadas antes, durante e após o evento.

O selo é fruto de uma parceria entre a Sobratema, o Instituto Totum, organismo certificador de ações ambientais, e a Fundação SOS Mata Atlântica.  Como promotora do evento, a Sobratema também se comprometeu a obedecer a uma série de medidas em prol da sustentabilidade. Entre as ações, destacou-se a coleta e destinação correta de todo o material resultante da montagem e desmontagem do evento. Nos cinco dias da feira, ocorreu um sistema de coleta seletiva dos resíduos gerados pela visitação, assim como a destinação adequada desse material.

Ao final do evento, a Sobratema iniciou um balanço das ações adotadas pela entidade e pelos expositores, de forma a calcular o volume de emissões de CO2 que a feira provocou. Esse índice, que ainda estava sendo calculado até o fechamento desta edição, resultará em medidas compensatórias, com o plantio de árvores, de forma a conferir à M&T Expo 2012 a chancela de evento “carbon free”.

 


Entre as iniciativas adotadas, a organização da feira criou um “selo verde” para concessão aos expositores que comprovaram a prática de ações para diminuir a emissão de poluentes decorrentes das atividades realizadas antes, durante e após o evento.

O selo é fruto de uma parceria entre a Sobratema, o Instituto Totum, organismo certificador de ações ambientais, e a Fundação SOS Mata Atlântica.  Como promotora do evento, a Sobratema também se comprometeu a obedecer a uma série de medidas em prol da sustentabilidade. Entre as ações, destacou-se a coleta e destinação correta de todo o material resultante da montagem e desmontagem do evento. Nos cinco dias da feira, ocorreu um sistema de coleta seletiva dos resíduos gerados pela visitação, assim como a destinação adequada desse material.

Ao final do evento, a Sobratema iniciou um balanço das ações adotadas pela entidade e pelos expositores, de forma a calcular o volume de emissões de CO2 que a feira provocou. Esse índice, que ainda estava sendo calculado até o fechamento desta edição, resultará em medidas compensatórias, com o plantio de árvores, de forma a conferir à M&T Expo 2012 a chancela de evento “carbon free”.