FECHAR
FECHAR
30 de maio de 2012
Voltar
M&T Expo 2012

LiuGong: Ampliando a rede para crescer no país

Um dos principais lançamentos da empresa na feira é a retroescavadeira CLG766A, segunda geração do modelo CLG766, que incorpora melhoria em 154 itens a partir de novas tecnologias e sugestões dos clientes.

Quanto ao desempenho, essa máquina conta com uma força de inclinação 7% maior em relação ao modelo anterior, uma capacidade de levantamento de braço 4,5% maior e uma melhoria de até 20% na força e profundidade de escavação. A novo modelo conta ainda com pontos de fácil acesso para manutenção e um sistema especial de arrefecimento do motor, adaptado para regiões de clima tropical.

“Esperamos consolidar ainda mais a marca LiuGong no mercado latino-americano e, para isso, acreditamos que a M&T Expo 2012 será extremamente bem-sucedida em nos aproximar ainda mais de nossos atuais e futuros clientes”, afirma o presidente da LiuGong Latin America, Fernando Mascarenhas. Segundo ele, outra novidade que a empresa apresenta é a aquisição da Dressda, subsidiária da polonesa HSW (Huta Stalowa Wola). A marca produz uma linha completa de tratores de esteiras que variam de 74 HP a 520 HP de potência e podem operar em diferentes condições climáticas.

Com novos produtos, a estratégia de expansão no mercado latino-americano fica clara para a LiuGong. Para isso, Mascarenhas também revela que a empresa busca ampliar o número de distribuidores e estabelecer alianças em locais onde ainda não está presente. Ele conta que, recentemente, foram inaugurados mais pontos de vendas no México, Uruguai e Equador, além de uma nova parceria em Trinidad e Tobago. No Brasil, a empresa fechou um novo contrato em março deste ano, nomeando a Conterrânea como concessionária para a região Nordeste.

Na opinião de Mascarenhas, a expansão dos negócios da empresa no mercado brasileiro deve ser ancorada na capilarização da rede de distribuição e no crescente investimento que está ocorrendo no setor de construção, principalmente em razão dos grandes projetos de infraestrutura para a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos. O executivo ressalta que o governo está prevendo que 74% das obras em andamento e em projeto sejam concluídas até 2014.

Na mineração, ele afirma, os resultados também parecem favoráveis ao crescimento do consumo de equipamentos já que as estimativas são de que a produção nacional de minério de ferro dobre de tamanho até 2014, chegando a 800 milhões de toneladas por ano. “Acreditamos que o Brasil está em um período favorável em ambos os setores e que a economia possa crescer em torno de 5% em relação ao ano passado. Seguindo o sucesso do mercado brasileiro, a LiuGong pretende ter um crescim


Quanto ao desempenho, essa máquina conta com uma força de inclinação 7% maior em relação ao modelo anterior, uma capacidade de levantamento de braço 4,5% maior e uma melhoria de até 20% na força e profundidade de escavação. A novo modelo conta ainda com pontos de fácil acesso para manutenção e um sistema especial de arrefecimento do motor, adaptado para regiões de clima tropical.

“Esperamos consolidar ainda mais a marca LiuGong no mercado latino-americano e, para isso, acreditamos que a M&T Expo 2012 será extremamente bem-sucedida em nos aproximar ainda mais de nossos atuais e futuros clientes”, afirma o presidente da LiuGong Latin America, Fernando Mascarenhas. Segundo ele, outra novidade que a empresa apresenta é a aquisição da Dressda, subsidiária da polonesa HSW (Huta Stalowa Wola). A marca produz uma linha completa de tratores de esteiras que variam de 74 HP a 520 HP de potência e podem operar em diferentes condições climáticas.

Com novos produtos, a estratégia de expansão no mercado latino-americano fica clara para a LiuGong. Para isso, Mascarenhas também revela que a empresa busca ampliar o número de distribuidores e estabelecer alianças em locais onde ainda não está presente. Ele conta que, recentemente, foram inaugurados mais pontos de vendas no México, Uruguai e Equador, além de uma nova parceria em Trinidad e Tobago. No Brasil, a empresa fechou um novo contrato em março deste ano, nomeando a Conterrânea como concessionária para a região Nordeste.

Na opinião de Mascarenhas, a expansão dos negócios da empresa no mercado brasileiro deve ser ancorada na capilarização da rede de distribuição e no crescente investimento que está ocorrendo no setor de construção, principalmente em razão dos grandes projetos de infraestrutura para a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos. O executivo ressalta que o governo está prevendo que 74% das obras em andamento e em projeto sejam concluídas até 2014.

Na mineração, ele afirma, os resultados também parecem favoráveis ao crescimento do consumo de equipamentos já que as estimativas são de que a produção nacional de minério de ferro dobre de tamanho até 2014, chegando a 800 milhões de toneladas por ano. “Acreditamos que o Brasil está em um período favorável em ambos os setores e que a economia possa crescer em torno de 5% em relação ao ano passado. Seguindo o sucesso do mercado brasileiro, a LiuGong pretende ter um crescimento significativo no país em 2012”, finaliza Mascarenhas.

www.liugongla.com