FECHAR
FECHAR
05 de junho de 2018
Voltar
Compactos & Ferramentas

Entulho sustentável

Além da eliminação de resíduos, a utilização de trituradores nos canteiros de obras possibilita o reaproveitamento de materiais recicláveis oriundos da atividade

Com o crescimento da população urbana, o volume de resíduos originados da construção civil e da demolição vem aumentando exponencialmente no mundo todo, seja pela necessidade de erigir habitações e edifícios comerciais como pelas grandes obras de infraestrutura necessárias para atender a esta demanda demográfica crescente.

Segundo dados da Associação Nacional das Entidades de Produtos de Agregados para Construção Civil (Anepac), em 2017 foram produzidos a partir da reciclagem de resíduos 285 milhões de toneladas de areia e 203 milhões de toneladas de brita. No entanto, de acordo com a Associação Brasileira para Reciclagem de Resíduos da Construção Civil e Demolição (Abrecon), tais números – por mais expressivos que sejam – não escondem o fato de que o segmento de reciclagem de resíduos ainda é embrionário no Brasil. “É preciso conscientizar as empresas e os órgãos públicos que a reciclagem contribui para a limpeza da cidade, poupando rios, represas, terrenos baldios e esgotamento sanitário, além de aliviar o impacto nos aterros sanitários e lixões”, comenta Hewerton Bartoli, presidente da Abrecon.

De acordo com a mais recente pesquisa da entidade (referente ao biênio 2014/2015), os resíduos originados de construções e demolições (RCD) atualmente representam de 40% a 70% de todos os rejeitos sólidos gerados nas cidades brasileiras de médio e grande porte. O que abre um mercado potencial bem interessante.

Trituradores podem atuar na própria obra, assim como em locais específicos de processamento

REUTILIZAÇÃO

Justamente para cooperar com esse necessário processo, alguns equipamentos compactos como os trituradores de resíduos (também chamados de moedores de entulho) acenam com a possibilidade de reutilizar os rejeitos, principalmente em situações nas quais os requisitos técnicos do concreto a ser produzido não são elevados.

Utilizado geralmente por fabricantes de artefatos de cimento, cooperativas de reciclagem, beneficiadores de mármore e construtoras, o triturador de entulho é considerado uma solução sustentável justamente por possibilitar isso. A trituração pode ser feita na própria obra, mas também em locais específicos de processamento. “Além da reutilização em concretos, podemos utilizar os resíduos em nivelamento de bases”, afirma Tiago Agostini, engenheiro mecânico da Agostini Industrial. “Outra vantagem é a diminuição dos resíduos no descarte, que geralmente é cobrado por volume. Assim, uma vez diminuído o volume, o descarte tende a ter um custo menor.”

Produção editorial: Revista M&T – Desenvolvido e atualizado por Diagrama Marketing Editoral