FECHAR
FECHAR
04 de junho de 2012
Voltar
M&T Expo 2012

Atlas Copco: Geradores desenvolvidos para o canteiro

Uma das principais propostas da Atlas Copco tem sido o desenvolvimento de soluções para a maior durabilidade e segurança dos seus equipamentos.

Em seus 139 anos, a empresa sempre buscou manter a eficiência dos produtos, mesmo em meio a condições adversas nos canteiros de obras. E é justamente esse conceito que está por trás da nova linha de geradores QAS.

Enquanto na maioria dos geradores há apenas um olhal preso à carenagem, contribuindo para a instabilidade do equipamento durante seu içamento para movimentações no canteiro de obras, nos novos modelo ele é integrado ao equipamento, resultando em maior facilidade nas mobilizações e desmobilizações.

As dimensões dos geradores QAS 140 e QAS 170 são calculadas para suportar qualquer tipo carga, reduzindo o risco de acidentes e danos à estrutura dos produtos. Além de diferenciais como baixo consumo de combustível, transporte facilitado e robustez, os equipamentos também possuem chassi com vedação completa, o que evita vazamentos de fluidos.

Os modelos são equipados com motor de seis cilindros e potências entre 55 e 170 kVA, com aspiração por turbo e refrigerados a água. A autonomia de combustível é de 12,2 horas (QAS 140) e de 9,6 horas (QAS 170), enquanto a capacidade do tanque de combustível é de 360 l nos dois modelos.

“A arquitetura desta família foi totalmente pensada desde o zero, de modo a chegar a uma solução mais avançada que os geradores tradicionais”, afirma Rodrigo Vidal, gerente de produto da Atlas Copco. “Além disso, como ela é fabricada no Brasil, podemos ser mais ágeis na entrega dos equipamentos e também na reposição de peças.”

www.atlascopco.com.br

 


Em seus 139 anos, a empresa sempre buscou manter a eficiência dos produtos, mesmo em meio a condições adversas nos canteiros de obras. E é justamente esse conceito que está por trás da nova linha de geradores QAS.

Enquanto na maioria dos geradores há apenas um olhal preso à carenagem, contribuindo para a instabilidade do equipamento durante seu içamento para movimentações no canteiro de obras, nos novos modelo ele é integrado ao equipamento, resultando em maior facilidade nas mobilizações e desmobilizações.

As dimensões dos geradores QAS 140 e QAS 170 são calculadas para suportar qualquer tipo carga, reduzindo o risco de acidentes e danos à estrutura dos produtos. Além de diferenciais como baixo consumo de combustível, transporte facilitado e robustez, os equipamentos também possuem chassi com vedação completa, o que evita vazamentos de fluidos.

Os modelos são equipados com motor de seis cilindros e potências entre 55 e 170 kVA, com aspiração por turbo e refrigerados a água. A autonomia de combustível é de 12,2 horas (QAS 140) e de 9,6 horas (QAS 170), enquanto a capacidade do tanque de combustível é de 360 l nos dois modelos.

“A arquitetura desta família foi totalmente pensada desde o zero, de modo a chegar a uma solução mais avançada que os geradores tradicionais”, afirma Rodrigo Vidal, gerente de produto da Atlas Copco. “Além disso, como ela é fabricada no Brasil, podemos ser mais ágeis na entrega dos equipamentos e também na reposição de peças.”

www.atlascopco.com.br