FECHAR
20 de abril de 2021
Voltar

Volvo terá caminhões com produção livre de carbono

A Volvo planeja já neste ano iniciar a produção de veículos-conceito e componentes de aço feitos pela SSAB usando hidrogênio
Fonte: O Estado de S.Paulo

O Grupo Volvo e a SSAB assinaram um acordo de colaboração em pesquisa, desenvolvimento, produção em série e comercialização dos primeiros veículos do mundo feitos de aço livre de carbono.

A Volvo planeja já neste ano iniciar a produção de veículos-conceito e componentes de aço feitos pela SSAB usando hidrogênio.

Os planos são para a produção em série em menor escala em 2022 e para um aumento gradual em direção à produção em massa nos próximos anos.

Os protótipos foram apresentados em 2019. Entre as cerca de 400 companhias que mostraram interesse está a Volvo Trucks.

Em 2016, a SSAB lançou a iniciativa Hybrit. O objetivo era substituir o carvão coque (gerado com o alto aquecimento do carvão mineral) por hidrogênio.
Desde então, o interesse pelo aço “verde” não parou de crescer. Sobretudo por parte de indústrias na Europa. Isso porque o continente lidera a corrida global pela redução das emissões de carbono.

Dessa forma, a SSAB vem realizando testes para substituir o carvão coque por eletricidade originada do hidrogênio. Os testes começaram em agosto de 2020.

O aço livre de combustíveis fósseis rec...


O Grupo Volvo e a SSAB assinaram um acordo de colaboração em pesquisa, desenvolvimento, produção em série e comercialização dos primeiros veículos do mundo feitos de aço livre de carbono.

A Volvo planeja já neste ano iniciar a produção de veículos-conceito e componentes de aço feitos pela SSAB usando hidrogênio.

Os planos são para a produção em série em menor escala em 2022 e para um aumento gradual em direção à produção em massa nos próximos anos.

Os protótipos foram apresentados em 2019. Entre as cerca de 400 companhias que mostraram interesse está a Volvo Trucks.

Em 2016, a SSAB lançou a iniciativa Hybrit. O objetivo era substituir o carvão coque (gerado com o alto aquecimento do carvão mineral) por hidrogênio.
Desde então, o interesse pelo aço “verde” não parou de crescer. Sobretudo por parte de indústrias na Europa. Isso porque o continente lidera a corrida global pela redução das emissões de carbono.

Dessa forma, a SSAB vem realizando testes para substituir o carvão coque por eletricidade originada do hidrogênio. Os testes começaram em agosto de 2020.

O aço livre de combustíveis fósseis recém-produzido pela SSAB, fabricante sueca de aço, será um complemento importante para o aço tradicional e reciclado usado nos caminhões, equipamentos de construção e outros produtos da Volvo.

De acordo com a fabricante, aço da SSAB será produzido através de uma tecnologia completamente nova, usando eletricidade e hidrogênio livres de combustíveis fósseis.

O resultado será um impacto climático muito menor e uma cadeia de valor livre de combustíveis fósseis. A indústria do setor considera que o aço recém-produzido sem combustíveis fósseis deve atender a demanda que crescerá significativamente a longo prazo.

“Trata-se de um passo importante no caminho para um transporte totalmente neutro. E livre de carbono”, disse o CEO da Volvo, Martin Lundstedt.

Nesse sentido, a Volvo, que já deu início à produção seriada dos caminhões elétricos das linhas FE e FL, promete para o próximo ano a produção, também em série, de suas linhas pesadas FM, FH e FMX nas versões elétricas. Ou seja, com a utilização do novo aço, ela expande o uso de energias mais limpas na fabricação dos caminhões.

Ademais, a Volvo com a produção dos caminhões com aço da SSAB, a Volvo estima utilizar o hidrogênio a partir da energia renovável em todo o seu processo de produção. Para isso, a Volvo Trucks está revisando todos os materiais usados em suas plantas. E isso pode reverberar na fábrica brasileira, localizada em Curitiba (PR).