ABRIR
FECHAR
ABRIR
FECHAR
24 de novembro de 2021
Voltar

Science Based Targets valida metas da Epiroc para redução de emissões

Fabricante se comprometeu em reduzir pela metade suas emissões de CO₂ até 2030, incluindo o uso de equipamentos, produção e transporte
Fonte: Assessoria de imprensa

Um ano após lançar metas arrojadas de sustentabilidade, que incluem reduzir pela metade suas emissões de CO₂ até 2030, o objetivo da Epiroc foi validado pela iniciativa Science Based Targets (SBTi), que impulsiona ações climáticas ambiciosas e apoiadas pela ciência no setor privado.

De acordo com o SBTi – que é formado pela parceria entre o Carbon Disclosure Project, o Pacto Global da ONU, o World Resources Institute e o World Wide Fund for Nature – as metas climáticas da fabricante estão alinhadas ao objetivo de restrição do aquecimento global em um máximo de 1,5°C.

“Estamos conduzindo a transição da indústria em direção a um futuro amigável para o clima, inclusive com nossa oferta crescente de equipamentos elétricos a bateria”, disse Helena Hedblom, presidente e CEO da Epiroc.

“Com a aprovação de nossos objetivos conforme o SBTi, nossa posição como líder em sustentabilidade em nossa indústria foi reforçada”, completou. Em linha com os requisitos do SBTi, a companhia se compromete a reduzir pela metade suas emissões absolutas de CO₂ em suas próprias operações até 2030, tendo 2019 como ano base.

No entanto, mais de 99% das emissões totais de CO₂ da Epiroc s&ati...


Um ano após lançar metas arrojadas de sustentabilidade, que incluem reduzir pela metade suas emissões de CO₂ até 2030, o objetivo da Epiroc foi validado pela iniciativa Science Based Targets (SBTi), que impulsiona ações climáticas ambiciosas e apoiadas pela ciência no setor privado.

De acordo com o SBTi – que é formado pela parceria entre o Carbon Disclosure Project, o Pacto Global da ONU, o World Resources Institute e o World Wide Fund for Nature – as metas climáticas da fabricante estão alinhadas ao objetivo de restrição do aquecimento global em um máximo de 1,5°C.

“Estamos conduzindo a transição da indústria em direção a um futuro amigável para o clima, inclusive com nossa oferta crescente de equipamentos elétricos a bateria”, disse Helena Hedblom, presidente e CEO da Epiroc.

“Com a aprovação de nossos objetivos conforme o SBTi, nossa posição como líder em sustentabilidade em nossa indústria foi reforçada”, completou. Em linha com os requisitos do SBTi, a companhia se compromete a reduzir pela metade suas emissões absolutas de CO₂ em suas próprias operações até 2030, tendo 2019 como ano base.

No entanto, mais de 99% das emissões totais de CO₂ da Epiroc são indiretas, com cerca de 83% do total originados na aplicação de seus produtos. Desse modo, a fabricante também se compromete em reduzir pela metade as emissões absolutas de CO₂ no uso dos produtos que comercializa até 2030, principalmente por meio da eletrificação, em uma meta acima dos requisitos mínimos do SBTi.

Além disso, as metas de sustentabilidade da empresa para 2030 também incluem reduzir pela metade as emissões de CO₂ do transporte, exigindo reduções de 50% das emissões de seus fornecedores mais relevantes, com 90% de energia renovável em operações próprias e uma gama completa de produtos livres de emissões no período.