P U B L I C I D A D E

ABRIR
FECHAR

P U B L I C I D A D E

ABRIR
FECHAR
EMPRESAS
Voltar

Retrak moderniza frota da Ativa Logística com empilhadeiras movidas a baterias de íons de lítio

Modernização da frota com equipamentos é parte da estratégia de ESG do operador logístico.

Assessoria de Imprensa

06/12/2023 10h28 | Atualizada em 11/12/2023 12h46

A Retrak, empresa especializada em prover sistemas de movimentação de materiais, com a locação ou venda de empilhadeiras elétricas e a combustão e transpaleteiras elétricas, está renovando a frota de empilhadeiras da Ativa Logística com uma novidade, todas utilizarão baterias de íons de lítio.

Os equipamentos, 31 no total, são da marca Still, e vão movimentar medicamentos e produtos de higiene e beleza em todas as unidades da empresa.

A Ativa Logística optou por terceirizar sua frota de empilhadeiras este ano. Desde sua fundação, em 1996, a empresa tinha frota própria, entre 3 e 6 anos de idade com altos custos de manutenção, estoque de peças e contratações de serviços de manutenção quando o reparo era mais complexo.

Lacordaire Sant´Ana (foto), diretor de Tecnologia, Projetos e ESG da Ativa Logística, explica que a decisão passou por uma análise que considerou diversas necessidades do processo de movimentação, entre elas trabalhar em três turnos, o tipo da carga, redução das emissões de poluentes com u

...

A Retrak, empresa especializada em prover sistemas de movimentação de materiais, com a locação ou venda de empilhadeiras elétricas e a combustão e transpaleteiras elétricas, está renovando a frota de empilhadeiras da Ativa Logística com uma novidade, todas utilizarão baterias de íons de lítio.

Os equipamentos, 31 no total, são da marca Still, e vão movimentar medicamentos e produtos de higiene e beleza em todas as unidades da empresa.

A Ativa Logística optou por terceirizar sua frota de empilhadeiras este ano. Desde sua fundação, em 1996, a empresa tinha frota própria, entre 3 e 6 anos de idade com altos custos de manutenção, estoque de peças e contratações de serviços de manutenção quando o reparo era mais complexo.

Lacordaire Sant´Ana (foto), diretor de Tecnologia, Projetos e ESG da Ativa Logística, explica que a decisão passou por uma análise que considerou diversas necessidades do processo de movimentação, entre elas trabalhar em três turnos, o tipo da carga, redução das emissões de poluentes com uma tecnologia mais limpa, eficiente e moderna do que as baterias chumbo-ácidas.

Ao assinar o contrato, a Retrak adquiriu os equipamentos antigos da empresa.

A Ativa Logística realiza investimentos constantes para ser uma empresa cada vez mais sustentável, a partir de tecnologias e processos que possam tornar a operação mais limpa.

‘’Entregamos este processo a um especialista, neste caso a Retrak. A operação fica mais eficiente, aproveitamos melhor a energia, pois fazemos recargas de oportunidade nas empilhadeiras, teremos alta disponibilidade de equipamentos, maior segurança para o operador e reduzimos nossa pegada de carbono”, comenta o executivo, que está à frente das estratégias e ações de ESG (environment, social & governance) da empresa.

O processo de escolha da Retrak para a locação e modernização do parque de máquinas e baterias considerou que a empresa se mostrou sólida ao aceitar os desafios propostos pela Ativa Logística, provendo informações técnicas de alto nível, apresentando as empilhadeiras e as novas baterias como solução eficiente e de maior aderência ao que a operação exigia, ter um departamento ativo de criação de soluções, além da confiabilidade de atuar há 30 anos no mercado.

Para Fábio Pedrão, sócio-fundador e diretor executivo da Retrak, a evolução da relação com a Ativa Logística nesta nova etapa de serviço, mostra que a empresa está em plena forma em três décadas de existência, alinhada com as tendências do mercado.

“Estamos atentos em oferecer equipamentos e soluções para movimentar materiais de acordo com as necessidades de nossos clientes. Desde sua fundação a Retrak desenvolve projetos, prepara profissionais e se conecta com soluções que possam trazer melhor desempenho, baixo custo e alinhar-se com as melhores práticas, aprimorando nossa forma de atender ao cliente”, ressalta Pedrão.

Em breve, segundo o diretor da Ativa Logística, a empresa vai investir em telemetria nas empilhadeiras, tecnologia já utilizada em sua frota de caminhões, e conta com a área técnica da Retrak para este avanço.

“Com esse recurso, a empresa terá capacidade de ter mais informações sobre a frota e poder avaliar, em tempo real, as operações de seus equipamentos e o desempenho durante o uso”, diz.

P U B L I C I D A D E

ABRIR
FECHAR

P U B L I C I D A D E

P U B L I C I D A D E