FECHAR
06 de abril de 2021
Voltar

Metso Outotec adere ao movimento Women in Mining Brasil

Iniciativa promove um olhar voltado para um ambiente de trabalho inclusivo e diverso
Fonte: Assessoria de Imprensa

A Metso Outotec acaba de aderir ao movimento Women in Mining Brasil, que tem como meta construir uma cultura corporativa para absorver mais mulheres na indústria de mineração.

Apesar de ser metade da capacidade de trabalho no Brasil, a representatividade feminina não é a mesma no setor mineral. Com foco em uma cultura de diversidade e inclusão, o segmento pretende mudar esse cenário.

Ao aderir ao programa, a Metso Outotec reforça sua política de promoção de um ambiente inclusivo onde todos possam participar da construção de uma indústria repleta de inovação e impactos positivos para a sociedade e acionistas.

O compromisso com o movimento foi assinado em conjunto pelo vice-presidente de Vendas e Serviços no Brasil, Marcelo Motti, e pelo vice-presidente de RH, Pedro Macedo, vice-presidente de RH para América do Sul, em março de 2021.

As iniciativas presentes no Plano de Ação no movimento Women in Mining Brasil, segundo o Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram), fortalecem políticas de inclusão e de diversidade, mas também trazem benefícios financeiros para o segmento ao valorizar, inclusive, o empreendedorismo feminino. No documento, estão listados oito focos estratégicos que fortalecem a cultura de inclusão no setor.


A Metso Outotec acaba de aderir ao movimento Women in Mining Brasil, que tem como meta construir uma cultura corporativa para absorver mais mulheres na indústria de mineração.

Apesar de ser metade da capacidade de trabalho no Brasil, a representatividade feminina não é a mesma no setor mineral. Com foco em uma cultura de diversidade e inclusão, o segmento pretende mudar esse cenário.

Ao aderir ao programa, a Metso Outotec reforça sua política de promoção de um ambiente inclusivo onde todos possam participar da construção de uma indústria repleta de inovação e impactos positivos para a sociedade e acionistas.

O compromisso com o movimento foi assinado em conjunto pelo vice-presidente de Vendas e Serviços no Brasil, Marcelo Motti, e pelo vice-presidente de RH, Pedro Macedo, vice-presidente de RH para América do Sul, em março de 2021.

As iniciativas presentes no Plano de Ação no movimento Women in Mining Brasil, segundo o Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram), fortalecem políticas de inclusão e de diversidade, mas também trazem benefícios financeiros para o segmento ao valorizar, inclusive, o empreendedorismo feminino. No documento, estão listados oito focos estratégicos que fortalecem a cultura de inclusão no setor.

São eles: a adoção de práticas inclusivas para oportunidades de carreira; criação de ambientes de trabalho seguro do ponto de vista físico e psicológico; criar a habilidade de reconciliar trabalho e compromissos sociais; ter sinais e símbolos de inclusão de gênero na cultura e no local de trabalho; ser uma indústria que é um imã de talentos; ter diversidade de fornecedores e contratar empresas lideradas por mulheres; investir nas mulheres das comunidades; e desenvolver talentos para o futuro investindo em ciência, tecnologia, engenharia e matemática.

De acordo com os dois vice-presidentes signatários do compromisso, a participação no Women in Mining pela Metso Outotec corrobora as ações da empresa voltadas à promoção de um ambiente aberto, transparente, diverso e inclusivo.

“A Metso Outotec reconhece a diversidade como uma força e, por isso, promove um ambiente de respeito às diferenças e igualdade de oportunidades”, afirmam.