FECHAR
12 de maio de 2021
Voltar

Locadora Armac pede registro para IPO

No prospecto preliminar da oferta, locadora afirma ter obtido receita anualizada de 257 milhões de reais no 1º trimestre
Fonte: Reuters/Redação M&T

No dia 12 de maio, a locadora brasileira de equipamentos para agronegócio, mineração e infraestrutura Armac pediu o registro para uma oferta inicial de ações (IPO), buscando recursos para ampliar seu negócio.

Criada em 1994 e com sede na Grande São Paulo, a empresa está entre as maiores do país em locação de escavadeiras, retroescavadeiras, tratores de esteira, minicarregadeiras, motoniveladoras e tratores agrícolas, além de caminhões e plataformas de trabalho aéreo.

A locadora atua em mais de 80 cidades, em 19 estados do país. No fim de março, a Armac contava com uma frota própria de 1.403 equipamentos de fabricantes como John Deere, Volvo CE, Hyundai, JCB, New Holland, Caterpillar e Komatsu.

No prospecto preliminar da oferta, a locadora afirma que no 1º trimestre deste ano obteve receita anualizada de 257 milhões de reais, com Ebitda de 128 milhões de reais, o que representa alta de 173% e de 219%, respectivamente, em relação ao mesmo período de 2020.

Indagada pela Revista M&T, a empresa diz que permanece em período de silêncio por força da regulação da CVM. "Nesse momento, o que posso dizer é que a oferta é um movimento para reforçar nossa capacidade de oferecer aos nossos clientes excele...


No dia 12 de maio, a locadora brasileira de equipamentos para agronegócio, mineração e infraestrutura Armac pediu o registro para uma oferta inicial de ações (IPO), buscando recursos para ampliar seu negócio.

Criada em 1994 e com sede na Grande São Paulo, a empresa está entre as maiores do país em locação de escavadeiras, retroescavadeiras, tratores de esteira, minicarregadeiras, motoniveladoras e tratores agrícolas, além de caminhões e plataformas de trabalho aéreo.

A locadora atua em mais de 80 cidades, em 19 estados do país. No fim de março, a Armac contava com uma frota própria de 1.403 equipamentos de fabricantes como John Deere, Volvo CE, Hyundai, JCB, New Holland, Caterpillar e Komatsu.

No prospecto preliminar da oferta, a locadora afirma que no 1º trimestre deste ano obteve receita anualizada de 257 milhões de reais, com Ebitda de 128 milhões de reais, o que representa alta de 173% e de 219%, respectivamente, em relação ao mesmo período de 2020.

Indagada pela Revista M&T, a empresa diz que permanece em período de silêncio por força da regulação da CVM. "Nesse momento, o que posso dizer é que a oferta é um movimento para reforçar nossa capacidade de oferecer aos nossos clientes excelentes condições de custo x benefício na locação de equipamentos", acentua José Augusto Aragão, diretor de operações da Armac.