ABRIR
FECHAR
ABRIR
FECHAR
12 de outubro de 2021
Voltar

Exposibram apresenta novidades para o setor de mineração

Confira alguns destaques do principal evento brasileiro de mineração, realizado na semana passada em formato 100% digital
Fonte: Assessoria de Imprensa

Confira abaixo alguns dos destaques da Exposibram 2021 (Expo & Congresso Brasileiro de Mineração), principal evento do setor no país realizado pelo Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram) de forma totalmente on-line na semana passada.

Anglo American – O estande da mineradora preparou uma programação exclusiva com temas como sustentabilidade, inclusão e diversidade, inovação e investimentos socioambientais no Brasil, entre outros.

Para o presidente da Anglo American no Brasil, Wilfred Bruijn, a participação "é uma grande oportunidade de atualização e compartilhamento de conhecimentos sobre as pautas em alta no setor mineral, temas que podem ajudar a melhorar nossa atuação enquanto mineradora e geradora de impactos positivos para as comunidades que nos recebem".

AngloGold Ashanti – No estande virtual da produtora de ouro, o público pôde conhecer detalhes do maior projeto em andamento da empresa, a disposição de rejeitos a seco.

O método está substituindo a deposição úmida em todas as operações da empresa. A previsão é de que o procedimento, que é o primeiro passo para o descomissionamento das barragens, seja concluído até 2022.

Outro desta...


Confira abaixo alguns dos destaques da Exposibram 2021 (Expo & Congresso Brasileiro de Mineração), principal evento do setor no país realizado pelo Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram) de forma totalmente on-line na semana passada.

Anglo American – O estande da mineradora preparou uma programação exclusiva com temas como sustentabilidade, inclusão e diversidade, inovação e investimentos socioambientais no Brasil, entre outros.

Para o presidente da Anglo American no Brasil, Wilfred Bruijn, a participação "é uma grande oportunidade de atualização e compartilhamento de conhecimentos sobre as pautas em alta no setor mineral, temas que podem ajudar a melhorar nossa atuação enquanto mineradora e geradora de impactos positivos para as comunidades que nos recebem".

AngloGold Ashanti – No estande virtual da produtora de ouro, o público pôde conhecer detalhes do maior projeto em andamento da empresa, a disposição de rejeitos a seco.

O método está substituindo a deposição úmida em todas as operações da empresa. A previsão é de que o procedimento, que é o primeiro passo para o descomissionamento das barragens, seja concluído até 2022.

Outro destaque foi o painel "aprimoramento da agenda regulatória no setor de mineração”, no qual o diretor de Sustentabilidade da AngloGold Ashanti, Lauro Amorim, abordou segurança de barragens, unidades de conservação, CFEM, alterações de jornadas em subsolo, entre outros temas.

Gerdau – Em mais uma participação, o MM Gerdau (Museu das Minas e do Metal) possibilitou aos participantes conhecer o acervo do museu por meio de visitas temáticas, além de um tour pelas exposições virtuais permanentes como “Diversidade Mineral”, acompanhadas de informações científicas e curiosidades peculiares, “O Brasil Precioso: a riqueza dos mineiras-gema”, destacando a preciosidade das gemas brasileiras e “Usina Wigg”, apresentando a ruínas de uma das mais importantes e inovadoras usinas siderúrgicas e de beneficiamento de ferro do país, localizada em um sítio arqueológico, no distrito de Miguel Burnier, na região de Ouro Preto.

Ipiranga Lubrificantes – A empresa levou sua linha de serviços e lubrificantes ao setor de mineração. Os visitantes puderam conhecer um pouco mais sobre produtos oferecidos pela empresa para o setor, como o Ipidrill, utilizado na lubrificação de ferramentas pneumáticas e perfuratrizes e o Ipiranga SP Ultratech Sintético, lubrificante desenvolvido para engrenagens e mancais plano e de rolamento, que operam em condições severas de carga e choque, assim como em moinho de bolas e outros tipos de rolamentos anti-fricção.

"A Ipiranga Lubrificantes tem forte atuação no setor e queremos estar cada vez mais próximos dos nossos clientes, não só para apresentarmos os nossos produtos, mas também para entender suas necessidades e focar em trazer sempre soluções inovadoras para esse público", ressalta Marco Antonio Degasperi, coordenador comercial da Ipiranga Lubrificantes.

KPTL – A gestora de investimentos em tecnologia anunciou a criação de seu mais novo fundo de investimentos dedicado a atrair startups que resolvem dores do setor com soluções de base tecnológica. Com o apoio do Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM), o Fundo KPTL Mineração pretende captar R$ 500 milhões e já nasce sob a bandeira da inovação por ser o primeiro do tipo na América Latina e um dos primeiros no mundo.

Para Renato Ramalho, CEO da KPTL, o setor ainda está em fase inicial de desenvolvimento de seu ambiente de inovação. "Um fundo de Venture Capital fará o papel estratégico de fortalecer e retroalimentar esse ecossistema. Contribuirá para o desenvolvimento de soluções early-stage, sendo uma estratégia complementar para que os CVCs tenham um pipeline forte para ser analisado. Hoje muitos não conseguem investir por não ter startups com oportunidades maduras o suficiente no mercado", esclarece Ramalho.

Metso – A Metso Outotec participou da edição 2021 da Exposibram com palestras focadas em tecnologia. O engenheiro mecânico André Rosa, da área de suporte a vendas técnicas, participou do painel sobre Peneiramento Eficiente, abordando as técnicas para aumentar o desempenho, eficiência e produtividade no peneiramento.

Por sua vez, Olavo Nolasco, diretor global de produto e competitividade para a linha de negócios Ferrous e Heat Transfer, participou do painel sobre Otimização de Plantas de Pelotização através de Soluções Digitais Metso Outotec.

A palestra detalhou como os recursos tecnológicos da empresa podem ajudar a estabilizar o processo e aumentar a capacidade da pelotização, ao mesmo tempo em que reduzem o consumo de combustível e de eletricidade. O painel contou ainda com a participação de Pedro Sousa, gerente de vendas da linha de negócios de Ferrous e Heat Transfer.

Já Daniel Paixão, gerente de vendas e serviços, fechou a participação da empresa no painel Contratos de Serviços Atrelados a KPIs. O especialista explicou como os desafios da mineração e metalurgia estão cada vez mais complexos e exigem soluções à altura, detalhando contratos de serviços de longo prazo com foco em performance, ajudando os clientes a atingir seus KPIs de forma segura, sustentável e apresentam custos pré-definidos.
O painel foi mediado pelo diretor de LCS (serviços de longo prazo) da Metso Outotec, Carlos Petravicius.

SSAB – Junto às empresas Rossetti e CBMM, a multinacional sueca apresentou o case “Redução de peso em caçambas basculantes com o uso da 2ª geração de aços de alta resistência”.

Na ocasião, Leopoldo Torres, gerente de desenvolvimento técnico da SSAB, Hugo Leandro Rosa, gerente de manutenção da CBMM e Fábio Soave, gerente de engenharia de produto da Rossetti abordaram a aplicação do aço de alta resistência Hardox 500 Tuf, que traz o uso do nióbio no desenvolvimento de caçambas superleves, tornando-as mais eficientes e aumentando a capacidade de carga.

Como resultado, o equipamento obteve redução de duas toneladas e meia, menor consumo de combustível e emissão de CO2 e a maior vida útil ao desgaste do mercado.

“O aço de alta resistência Hardox 500 Tuf é indicado para aplicação em qualquer peça sujeita ao desgaste extremo como em contêineres, caminhões basculantes e bandejas de mineração, caçambas de todos os tipos, equipamentos agrícolas e revestimentos, e se destaca pela resistência, dureza e tenacidade”, ressaltou a empresa.