ABRIR
FECHAR
ABRIR
FECHAR
11 de janeiro de 2022
Voltar

Empresa chilena investe em escavadeira Link-Belt para realizar movimentação de sedimentos

O equipamento adquirido pela Gruas Böhme foi o milésimo vendido pela fabricante norte-americana na América Latina, além das comercializadas no Brasil
Fonte: Assessoria de Imprensa

Especializada em projetos de montagem e construção, a companhia Gruas Böhme investiu em sua frota e adquiriu o modelo 210X3E de escavadeira Link-Belt.

O equipamento será utilizado para atender as demandas de movimentação de sólidos extraídos da produção de aço de um dos clientes da empresa, a CAP S.A., principal siderúrgica do Chile, e marcou a milésima Link-Belt comercializada na América Latina, além das vendidas no Brasil.

“Nós escolhemos a Link-Belt como fornecedor, devido ao reconhecimento da marca e às boas referências que a fabricante possui na área industrial onde nós atuamos”, revelou o sócio proprietário da Gruas Böhme, Richard Böhme.

Entre os diferenciais dos equipamentos Link-Belt, Böhme apontou a tecnologia avançada e o suporte técnico oferecido pela marca. Segundo ele, o baixo consumo de combustível, a agilidade na operação e o monitoramento virtual constante complementam os pontos fortes das escavadeiras.

A aquisição da 210X3E pela Gruas Böhme foi negociada pela LucasMaq, distribuidor Link-Belt no Chile.

...

Especializada em projetos de montagem e construção, a companhia Gruas Böhme investiu em sua frota e adquiriu o modelo 210X3E de escavadeira Link-Belt.

O equipamento será utilizado para atender as demandas de movimentação de sólidos extraídos da produção de aço de um dos clientes da empresa, a CAP S.A., principal siderúrgica do Chile, e marcou a milésima Link-Belt comercializada na América Latina, além das vendidas no Brasil.

“Nós escolhemos a Link-Belt como fornecedor, devido ao reconhecimento da marca e às boas referências que a fabricante possui na área industrial onde nós atuamos”, revelou o sócio proprietário da Gruas Böhme, Richard Böhme.

Entre os diferenciais dos equipamentos Link-Belt, Böhme apontou a tecnologia avançada e o suporte técnico oferecido pela marca. Segundo ele, o baixo consumo de combustível, a agilidade na operação e o monitoramento virtual constante complementam os pontos fortes das escavadeiras.

A aquisição da 210X3E pela Gruas Böhme foi negociada pela LucasMaq, distribuidor Link-Belt no Chile.