ABRIR
FECHAR
ABRIR
FECHAR
05 de outubro de 2021
Voltar

Cummins Brasil lança nova linha de grupo de geradores

A principal novidade é o motor eletrônico QSG12-G3/G4
Fonte: Assessoria de Imprensa

Completando 50 anos no país, a Cummins Brasil acaba de lançar uma nova família de grupos geradores produzidos em Guarulhos (SP), com a promessa de melhorias na densidade de potência nas categorias entre 300 kW e 400 kW.

Segundo a empresa, o diferencial dos novos modelos C350D6B e C400D6B é o motor eletrônico QSG12-G3/G4, que substituiu o propulsor mecânico NTA855-G5 presente na geração anterior.

“O projeto QSG12 tem uma importância muito grande para o negócio de geradores no Brasil”, comenta Glauco Leite, engenheiro de manufatura da Cummins Power Generation.

“O novo motor é uma evolução do NTA855, com a vantagem de ser menor, mais compacto, potente e, consequentemente, mais econômico e com menor emissões”, completa.

Menos ruidoso, o motor é produzido na planta da Beijing Foton Cummins Engine em Pequim, enquanto os geradores são montados em Guarulhos (SP).

Turboalimentado e pós-arrefecido, o novo motor de 11,8 litros e 6 cilindros traz sistema com injeção de combustível XPI (Common Rail), uma solução padrão que promete alta performance do produto, além das opções de controladores Power Command 2.3 & 3.3, que fornecem integração total do grupo gerador, incluindo partida e parada remota autom&aacut...


Completando 50 anos no país, a Cummins Brasil acaba de lançar uma nova família de grupos geradores produzidos em Guarulhos (SP), com a promessa de melhorias na densidade de potência nas categorias entre 300 kW e 400 kW.

Segundo a empresa, o diferencial dos novos modelos C350D6B e C400D6B é o motor eletrônico QSG12-G3/G4, que substituiu o propulsor mecânico NTA855-G5 presente na geração anterior.

“O projeto QSG12 tem uma importância muito grande para o negócio de geradores no Brasil”, comenta Glauco Leite, engenheiro de manufatura da Cummins Power Generation.

“O novo motor é uma evolução do NTA855, com a vantagem de ser menor, mais compacto, potente e, consequentemente, mais econômico e com menor emissões”, completa.

Menos ruidoso, o motor é produzido na planta da Beijing Foton Cummins Engine em Pequim, enquanto os geradores são montados em Guarulhos (SP).

Turboalimentado e pós-arrefecido, o novo motor de 11,8 litros e 6 cilindros traz sistema com injeção de combustível XPI (Common Rail), uma solução padrão que promete alta performance do produto, além das opções de controladores Power Command 2.3 & 3.3, que fornecem integração total do grupo gerador, incluindo partida e parada remota automáticas, exibição de alarmes, alertas de status e paralemismo.

Entre os principais benefícios do propulsor eletrônico, a gerente de projetos da empresa, Daiane Suzuki, destaca uma melhor relação de potência versus consumo de combustível. “De acordo com ela, houve ganho de 9% em eficiência energética em relação à geração anterior, enquanto o consumo foi reduzido em 6%”, afirma.

Iniciado em fevereiro do ano passado, o projeto de desenvolvimento do motor e da nova família de geradores envolveu um processo totalmente online, com interação do time brasileiro com o da China.

“Esse foi um projeto muito especial e ao mesmo tempo desafiador, devido às dificuldades decorrentes da pandemia”, comenta Suzuki.