FECHAR
20 de julho de 2021
Voltar

Apesar da alta no preço, vendas de máquinas agrícolas crescem 68%

Mesmo com a alta do custo de produção, a indústria contratou muita gente para dar conta de entregar essa demanda que está no mercado
Fonte: Canal Rural

Os preços das máquinas agrícolas subiram entre 20% e 40% no último semestre, de acordo com o presidente da câmara setorial de máquinas e implementos agrícolas da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), Pedro Estevão, o que puxou essa alta foi a escassez de matéria-prima na indústria, principalmente o aço.
“Tivemos um aumento de custo muito grande, onde a pandemia também afetou a oferta de aço, um insumo básico, que subiu mais de 100%”, ressalta Estevão.

Apesar da alta nos custos, o dirigente da Abimaq diz que o mercado está aquecido neste momento.

“Nos cinco primeiros meses do ano, as vendas de máquinas agrícolas aumentaram 68% em relação ao ano passado. A indústria contratou muita gente para dar conta de entregar essa demanda que está no mercado”, complementa.

...

Os preços das máquinas agrícolas subiram entre 20% e 40% no último semestre, de acordo com o presidente da câmara setorial de máquinas e implementos agrícolas da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), Pedro Estevão, o que puxou essa alta foi a escassez de matéria-prima na indústria, principalmente o aço.
“Tivemos um aumento de custo muito grande, onde a pandemia também afetou a oferta de aço, um insumo básico, que subiu mais de 100%”, ressalta Estevão.

Apesar da alta nos custos, o dirigente da Abimaq diz que o mercado está aquecido neste momento.

“Nos cinco primeiros meses do ano, as vendas de máquinas agrícolas aumentaram 68% em relação ao ano passado. A indústria contratou muita gente para dar conta de entregar essa demanda que está no mercado”, complementa.