FECHAR
FECHAR
23 de janeiro de 2019
Voltar

INOVAÇÃO

Brasil inaugura 1º Hub de inovação para a indústria mineral

Startups, mineradoras, fornecedores do setor e pesquisadores irão trabalhar juntos para levar inovação e aumentar a competitividade do setor
Fonte: Assessoria de Imprensa

Inovação na prática, ao vivo, voltada exclusivamente para a indústria da mineração. É o que os participantes do Hub da Mineração (ou Mining Hub – www.mininghub.com.br) irão desempenhar em um amplo espaço, situado na unidade da WeWork no bairro Savassi de Belo Horizonte, MG.

Esta iniciativa, que é inédita no mundo, tem o apoio do Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram) e a adesão de 18 mineradoras, entre as quais, as maiores do País, fornecedores do setor, empreendedores e startups, pesquisadores, entre outros.

Entre as mineradoras participantes estão: Anglo American, AngloGold Ashanti, ArcelorMittal, Bahia Mineração, Bemisa, CBMM, CMOC, CSN, Ferrous, Gerdau, Kinross, J. Mendes, Mineração Morro Verde, Nexa Resources, RHI Magnesita, Samarco, Mineração Usiminas e Vale. Além das mineradoras, empresas da cadeia de fornecedores também estarão no Hub da Mineração: Accenture, Haver & Boecker, IHM Stefanini, ISQ, LGA Mineração, Outotec, Petronas, Sotreq, Thyssen Krupp.

Mesmo que sejam concorrentes em vários mercados, as mineradoras irão atuar em conjunto.

“Elas e os demais participantes do projeto desenvolverão as soluções em conjunto e as compartilharão para que todas sejam beneficiadas. O Hub representa mais do que um espaço de inovação. É um novo marco nas relações comerciais e institucionais da mineração brasileira e, também, um diferencial competitivo setorial perante os competidores internacionais”, avalia Walter Alvarenga, diretor-presidente do Ibram.

“Além de uma iniciativa pioneira no setor, o Mining Hub consiste no espaço indicado para a experimentação. Essa parceria com as startups e os projetos de base tecnológica possibilitará que as mineradoras brasileiras se tornem ainda mais competitivas, seguras e com operações mais sustentáveis”, comenta Jayme Nicolato, CEO da Ferrous Resources do Brasil.

“Mais do que soluções para as cinco áreas de atuação elencadas neste primeiro ciclo, estamos construindo uma nova cultura pautada no compartilhamento de experiências e de conhecimento, na criatividade e na inovação. A longo prazo, estaremos mais próximos dos stakeholders e mais capazes para atrair novos talentos, sendo estas as maiores conquistas do projeto”, comenta.