FECHAR
FECHAR
10 de março de 2020
Voltar

INOVAÇÃO

Agrishow 2020 apresentará tecnologias para atender demandas do agro

Digitalização de todo o sistema produtivo será um dos destaques desta edição
Fonte: Assessoria de Imprensa

Reconhecida como a principal vitrine de tecnologias para o agronegócio brasileiro, a Agrishow 2020 – 27ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação reunirá, entre os dias 27 de abril e 1º de maio, em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, mais de 800 marcas expositoras nacionais e internacionais, que levarão para um público estimado de 150 mil visitantes as principais inovações tecnológicas para atender todas as demandas do campo.

“O Brasil é protagonista quando se fala em agricultura. Nossos produtores estão implementando tecnologias no campo, que permitem a otimização dos insumos e a melhoria da produtividade, com análise conjunta de todas as variáveis disponíveis em tempo real”, afirma afirma João Carlos Marchesan, presidente do Conselho de Administração da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas (Abimaq).

“A utilização de blockchain permitirá a rastreabilidade da mesa para o campo, mostrando o campo, por meio de imagens enviadas por satélites, que estão cada vez menores e mais baratos, e monitorar as plantações por meio de aplicativos para smartphone, com relatórios acessados a qualquer momento pelo produtor. Essa visão de futuro, já está transfor...


Reconhecida como a principal vitrine de tecnologias para o agronegócio brasileiro, a Agrishow 2020 – 27ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação reunirá, entre os dias 27 de abril e 1º de maio, em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, mais de 800 marcas expositoras nacionais e internacionais, que levarão para um público estimado de 150 mil visitantes as principais inovações tecnológicas para atender todas as demandas do campo.

“O Brasil é protagonista quando se fala em agricultura. Nossos produtores estão implementando tecnologias no campo, que permitem a otimização dos insumos e a melhoria da produtividade, com análise conjunta de todas as variáveis disponíveis em tempo real”, afirma afirma João Carlos Marchesan, presidente do Conselho de Administração da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas (Abimaq).

“A utilização de blockchain permitirá a rastreabilidade da mesa para o campo, mostrando o campo, por meio de imagens enviadas por satélites, que estão cada vez menores e mais baratos, e monitorar as plantações por meio de aplicativos para smartphone, com relatórios acessados a qualquer momento pelo produtor. Essa visão de futuro, já está transformando rapidamente a produção agropecuária no Brasil”, complementa.

Nesse sentido, um dos destaques da Agrishow 2020 será a digitalização do agronegócio nacional.

“A Agrishow contribui para a evolução do agronegócio e, nesta edição, a grande atração é a digitalização de todo o sistema produtivo. O que não está digitalizado ainda está entrando em processo de digitalização e todos os dados estão sendo conectados a centrais de operações, quer seja da fazenda ou da concessionária da máquina. Todo esse desenvolvimento da tecnologia aplicada nas máquinas e equipamentos comercializados na Agrishow reflete em aumento nos ganhos de produtividade do produtor. Não há mais perdas nas colheitas ou no plantio", enfatiza Francisco Matturro, presidente da Agrishow.

Uma das iniciativas que estarão nesta edição é o ConectarAgro, que levou conectividade banda larga 4G da TIM para 5,1 milhões de hectares de áreas rurais em 2019 no Brasil, superando a meta inicialmente estabelecida em 100 mil ha.

Essa cobertura representa em torno de 7% da área plantada de grãos e cana no país. A solução oferecida pela iniciativa segue os conceitos de tecnologia aberta, simples e acessível, e usa a faixa de 700 MHz, padrão global que permite a cobertura com melhor compromisso entre cobertura e capacidade.

Apresentada, pela primeira vez, ao público na Agrishow 2019, é liderada por oito empresas - AGCO, Climate FieldView, CNH Industrial, Jacto, Nokia, Solinftec, TIM e Trimble.

Já a Agrobrazil vai apresentar um aplicativo móvel, desenvolvido para o setor pecuário, que capta, analisa e organiza informações do mercado de compra e venda em tempo real, especialmente do boi gordo.

A captação dos negócios realizados em tempo real que é exposta no aplicativo é sigilosa e segura. Entre as ferramentas do sistema estão: escala e ranking frigorífico; gráficos; proteção de preço; mercado futuro; documento legal para registro; entre outros.