FECHAR
FECHAR
Voltar

Painel

Revista M&T Edição 140 - 11/2010

Petrobras fecha parceria para produção de etanol celulósico

Um acordo de cooperação entre a Petrobras e a Novozymes, fornecedora de enzimas industriais, promete aumentar a produção de etanol celulósico, extraído do bagaço da cana-de-açúcar. A tecnologia pode elevar a produção atual de etanol em 40% sem aumentar a área plantada.

A parceria marca uma nova rota de biocombustíveis de segunda geração, utilizando bagaço de cana-de-açúcar para fabricação de etanol sob a ação de enzimas.  O acordo inclui o desenvolvimento de enzimas e de processos de produção de etanol lignocelulósico a partir do resíduo fibroso da produção de cana.

De acordo com a Petrobras, o Brasil é o maior produtor mundial de cana, com uma capacidade de extração de cerca de 600 milhões de toneladas por ano, produzindo atualmente 27 bilhões de litros (7 bilhões de galões) de etanol.