FECHAR
FECHAR
11 de fevereiro de 2020
Voltar

RESULTADOS

Volvo lidera em pesados e investe mais R$ 1 bilhão no Brasil

Os novos recursos anunciados são destinados para todos os negócios da Volvo no Brasil: caminhões pesados e semipesados, ônibus urbanos e rodoviários, equipamentos de construção, motores marítimos e industriais e serviços financeiros
Fonte: Assessoria de Imprensa

Registrando em 2019 o melhor resultado histórico na venda de caminhões pesados no Brasil e com o maior crescimento percentual na indústria brasileira de ônibus, o Grupo Volvo está renovando seus investimentos no país.

Serão mais R$ 1 bilhão no período entre 2020 a 2023, principalmente para pesquisa e desenvolvimento de novos produtos e serviços, além de melhoria de processos industriais e de gestão. No ranking por países, o crescimento de 2019 colocou novamente o Brasil como o segundo maior mercado de caminhões Volvo no mundo.

“O Brasil continua sendo muito importante para a Volvo. A recuperação gradativa da economia foi decisiva para o aumento das entregas e a retomada da liderança no segmento de caminhões pesados. O crescimento de 58% em 2019 nos dá a confiança para um novo ciclo de investimento para os próximos anos”, declara Wilson Lirmann, presidente do Grupo Volvo América Latina.

Os novos recursos anunciados são destinados para todos os negócios da Volvo no Brasil: caminhões pesados e semipesados, ônibus urbanos e rodoviários, equipamentos de construção, motores marítimos e industriais e serviços financeiros.

Caminhões
A Volvo recuperou a liderança brasileira em camin...


Registrando em 2019 o melhor resultado histórico na venda de caminhões pesados no Brasil e com o maior crescimento percentual na indústria brasileira de ônibus, o Grupo Volvo está renovando seus investimentos no país.

Serão mais R$ 1 bilhão no período entre 2020 a 2023, principalmente para pesquisa e desenvolvimento de novos produtos e serviços, além de melhoria de processos industriais e de gestão. No ranking por países, o crescimento de 2019 colocou novamente o Brasil como o segundo maior mercado de caminhões Volvo no mundo.

“O Brasil continua sendo muito importante para a Volvo. A recuperação gradativa da economia foi decisiva para o aumento das entregas e a retomada da liderança no segmento de caminhões pesados. O crescimento de 58% em 2019 nos dá a confiança para um novo ciclo de investimento para os próximos anos”, declara Wilson Lirmann, presidente do Grupo Volvo América Latina.

Os novos recursos anunciados são destinados para todos os negócios da Volvo no Brasil: caminhões pesados e semipesados, ônibus urbanos e rodoviários, equipamentos de construção, motores marítimos e industriais e serviços financeiros.

Caminhões
A Volvo recuperou a liderança brasileira em caminhões pesados em 2019, com entregas de 14.505 unidades, 58% a mais que o ano anterior. As vendas de semipesados cresceram 55,5%, bem acima da média de 30% do mercado. Nesse segmento, a Volvo emplacou 2.339 caminhões no Brasil.

O pesado FH 540 6x4 repetiu grande desempenho em vendas, tornando-se mais uma vez o caminhão mais vendido entre todas as classes no Brasil (7.135 unidades emplacadas) e também na América Latina (7.271 unidades).

“Fechamos a década como líderes em caminhões pesados”, comemora Alcides Cavalcanti, diretor comercial de caminhões da Volvo, ao se referir aos resultados do período 2010/2019. Nesse intervalo, a Volvo liderou o mercado de pesados por sete vezes.

A Volvo ainda teve bons resultados nos demais países da América Latina. Mesmo com o mercado em queda na Argentina (1.179 caminhões), a marca ganhou market share (+5%) naquele país.

A empresa também teve bom desempenho no Peru (1.292 caminhões), onde há vários anos é líder absoluta em pesados, e também no Chile (1.182 caminhões). Na soma de todos os países da América Latina a Volvo entregou 20.665 veículos, com o Brasil representando 82% dos volumes.

No ranking por países, o crescimento de 2019 colocou novamente o Brasil como o segundo maior mercado de caminhões Volvo no mundo.

Volvo foi a que mais cresceu em semipesados
Outro destaque Volvo em 2019 foi crescimento em semipesados. Nesse segmento a marca emplacou 2.339 caminhões, 55,5% a mais do que no ano anterior, contra uma média de crescimento de 30% de todas as marcas.

“Na verdade, fomos a marca que mais cresceu nas áreas em que atuamos”, comemora Cavalcanti, ao lembrar que a Volvo ganhou participação de mercado em ambas as frentes: juntas, as vendas de pesados e semipesados aumentaram 58%, bem acima do crescimento médio de 44% registrado nesses segmentos. O mercado total de caminhões no Brasil, incluindo também veículos leves, semileves e médios cresceu 33,3%.

Caminhões vocacionais
A Volvo também se destacou no ano passado nas vendas para o segmento fora de estrada. Os modelos chamados vocacionais – cana de açúcar, madeira, mineração e construção, já representam 10% de todas as entregas da marca.

Recentemente, a Volvo vendeu para a Suzano, maior produtor mundial de celulose de eucalipto, 19 unidades do FMX para tracionar hexatrens, composições de 52 metros, com seis semirreboques que levam 200 toneladas por viagem em estradas fechadas, dentro de fazendas de eucalipto.