FECHAR
FECHAR
05 de maio de 2020
Voltar

INTERNACIONAL

Vendas globais de equipamentos de construção Caterpillar caem 27%

A queda foi resultado do menor volume de vendas impulsionado pela menor demanda do usuário final e pelo impacto das mudanças nos estoques dos revendedores
Fonte: KHL

As vendas de equipamentos de construção Caterpillar caíram 27% no primeiro trimestre, contribuindo para uma queda de 41% nos lucros do segmento, de acordo com comunicado da empresa.

Segundo a fabricante, apesar dos desafios contínuos causados pela pandemia da Covid-19, foram tomadas medidas para melhorar a liquidez e devolver aproximadamente US$ 1,6 bilhão aos acionistas.

A empresa anunciou que as vendas e as receitas totais do primeiro trimestre de 2020 caíram 21% em relação ao mesmo período do ano passado, de US$ 13,5 bilhões para US$ 10,6 bilhões.

A queda foi resultado do menor volume de vendas acarretado pela menor demanda do usuário final e pelo impacto das mudanças nos estoques dos revendedores.

Os revendedores aumentaram os estoques de máquinas e motores em cerca de US$ 100 milhões durante o primeiro trimestre de 2020, em comparação ao montante de US$ 1,3 bilhão no primeiro trimestre de 2019.

As vendas totais de equipamentos de construção foram de US$ 4,3 bilhões no primeiro trimestre de 2020, uma redução de US$ 1,5 bilhão, em comparação aos US $ 5,8 bilhões no primeiro trimestre de 2019.

A Caterpillar afirma que os resultados financeiros para o restante de 2020 serão impactados pela contínua incerteza econ&...


As vendas de equipamentos de construção Caterpillar caíram 27% no primeiro trimestre, contribuindo para uma queda de 41% nos lucros do segmento, de acordo com comunicado da empresa.

Segundo a fabricante, apesar dos desafios contínuos causados pela pandemia da Covid-19, foram tomadas medidas para melhorar a liquidez e devolver aproximadamente US$ 1,6 bilhão aos acionistas.

A empresa anunciou que as vendas e as receitas totais do primeiro trimestre de 2020 caíram 21% em relação ao mesmo período do ano passado, de US$ 13,5 bilhões para US$ 10,6 bilhões.

A queda foi resultado do menor volume de vendas acarretado pela menor demanda do usuário final e pelo impacto das mudanças nos estoques dos revendedores.

Os revendedores aumentaram os estoques de máquinas e motores em cerca de US$ 100 milhões durante o primeiro trimestre de 2020, em comparação ao montante de US$ 1,3 bilhão no primeiro trimestre de 2019.

As vendas totais de equipamentos de construção foram de US$ 4,3 bilhões no primeiro trimestre de 2020, uma redução de US$ 1,5 bilhão, em comparação aos US $ 5,8 bilhões no primeiro trimestre de 2019.

A Caterpillar afirma que os resultados financeiros para o restante de 2020 serão impactados pela contínua incerteza econômica global. Dessa forma, retirou suas diretrizes de lucro em 26 de março e ainda não está fornecendo uma perspectiva financeira para 2020.

"Tomamos ações decisivas para aprimorar nossa forte posição financeira, continuando a executar a estratégia de crescimento lucrativo", disse Jim Umpleby, presidente e CEO da Caterpillar. “A Caterpillar enfrentou e superou muitos desafios em seus 95 anos de história. Nosso objetivo é sair da pandemia como uma empresa ainda mais forte.”

Durante as últimas semanas, a fabricante suspendeu temporariamenteas operações em determinadas instalações por conta de problemas na cadeia de suprimentos, além de demanda fraca dos clientes ou regulamentações governamentais.

Por outro lado, muitos governos classificaram as operações da Caterpillar como atividade essencial para o suporte de infraestrutura em seus países.