FECHAR
FECHAR
14 de julho de 2020
Voltar

INTERNACIONAL

Parlamento europeu adia prazo para adoção de motores da Fase V

A Comissão Europeia apresentou uma proposta em junho para adiar os prazos de 30 de junho e 31 de dezembro de 2020 para a produção e colocação no mercado de NRMM equipados com motores <56kW e ≥130kW
Fonte: Assessoria de Imprensa

No dia 10 de julho, o Parlamento Europeu adotou um texto que prorroga por 12 meses os prazos de transição da Fase V para determinadas categorias de motores a serem instaladas em máquinas móveis não rodoviárias (non-road mobile machinery – NRMM) e tratores.

A votação abre caminho para a adoção final e a publicação no Jornal Oficial da versão alterada do Regulamento (UE) 2016/1628.

As associações industriais europeias que representam o setor de NRMM, como as Committee for European Construction Equipment (CECE), CEMA, EGMF, EUnited Municipal Equipment & Cleaning, Europgen e FEM, receberam o apoio do Parlamento Europeu.

"A votação do Parlamento foi vital para evitar mais danos econômicos causados pela pandemia da Covid-19 para as nossas indústrias de transformação e proteger milhares de empregos qualificados que dependem deles", afirma Riccardo Viaggi, secretário geral da CECE.

A legislação alterada fornece uma medida importante para mitigar algumas das rupturas mais significativas no setor causadas pela pandemia da Covid-19 e proporciona segurança jurídica nos prazos mais urgentes de 2020.

Em resposta a uma solicitação conjunta da indústria em março, a Comissão Europeia apresentou uma proposta e...


No dia 10 de julho, o Parlamento Europeu adotou um texto que prorroga por 12 meses os prazos de transição da Fase V para determinadas categorias de motores a serem instaladas em máquinas móveis não rodoviárias (non-road mobile machinery – NRMM) e tratores.

A votação abre caminho para a adoção final e a publicação no Jornal Oficial da versão alterada do Regulamento (UE) 2016/1628.

As associações industriais europeias que representam o setor de NRMM, como as Committee for European Construction Equipment (CECE), CEMA, EGMF, EUnited Municipal Equipment & Cleaning, Europgen e FEM, receberam o apoio do Parlamento Europeu.

"A votação do Parlamento foi vital para evitar mais danos econômicos causados pela pandemia da Covid-19 para as nossas indústrias de transformação e proteger milhares de empregos qualificados que dependem deles", afirma Riccardo Viaggi, secretário geral da CECE.

A legislação alterada fornece uma medida importante para mitigar algumas das rupturas mais significativas no setor causadas pela pandemia da Covid-19 e proporciona segurança jurídica nos prazos mais urgentes de 2020.

Em resposta a uma solicitação conjunta da indústria em março, a Comissão Europeia apresentou uma proposta em junho para adiar os prazos de 30 de junho e 31 de dezembro de 2020 para a produção e colocação no mercado de NRMM equipados com motores <56kW e ≥130kW.

“No entanto, esta medida não suavizará o rigor da legislação europeia. Em vez disso, dará a nossa indústria o tempo necessário para instalar os motores de transição já adquiridos nas máquinas, colocá-los no mercado e estar em conformidade com os requisitos cada vez mais exigentes. Pelo contrário, a inação levaria ao desperdício desnecessário de matérias-primas e recursos, além dos custos financeiros”, afirma Viaggi.