FECHAR
FECHAR
29 de outubro de 2019
Voltar

RESULTADOS

Librelato registra melhor participação na Fenatran

Celebrando 50 anos, a fabricante apresentou produtos mais leves, resistentes e conectados, que prometem maior rentabilidade aos clientes
Fonte: Assessoria de Imprensa

A Librelato fechou sua melhor participação na Fenatran, Feira Internacional do Transporte Rodoviário de Cargas, que aconteceu semana entre os dias 14 e 18 de Outubro, em São Paulo.

Em um espaço de 800 metros quadrados, o maior estande de sua participação até hoje no evento, a empresa comemorou seu cinquentenário, apresentou uma série de novidades para operadores logísticos e transportadores da América Latina e dobrou as vendas em relação à edição anterior da feira.

Na opinião de José Carlos Sprícigo, CEO da Librelato, essa foi a melhor Fenatran da história da empresa.

Foram fechados negócios da ordem de 200 milhões de reais com a venda de mais de duas mil unidades de implementos dos mais variados tipos durante a feira, tanto para o mercado brasileiro quanto para o mercado latino americano.

Além disso, outras 800 unidades ainda estão em fase de fechamento de negócios. No balanço entre os implementos mais vendidos estão os semirreboques graneleiros e basculantes, voltados principalmente ao segmento agrícola.

Em cotas de consórcio os resultados também foram positivos. O Consórcio Nacional Librelato fechará o mês de outubro com recorde de cotas comercializadas.

“Esta edi&c...


A Librelato fechou sua melhor participação na Fenatran, Feira Internacional do Transporte Rodoviário de Cargas, que aconteceu semana entre os dias 14 e 18 de Outubro, em São Paulo.

Em um espaço de 800 metros quadrados, o maior estande de sua participação até hoje no evento, a empresa comemorou seu cinquentenário, apresentou uma série de novidades para operadores logísticos e transportadores da América Latina e dobrou as vendas em relação à edição anterior da feira.

Na opinião de José Carlos Sprícigo, CEO da Librelato, essa foi a melhor Fenatran da história da empresa.

Foram fechados negócios da ordem de 200 milhões de reais com a venda de mais de duas mil unidades de implementos dos mais variados tipos durante a feira, tanto para o mercado brasileiro quanto para o mercado latino americano.

Além disso, outras 800 unidades ainda estão em fase de fechamento de negócios. No balanço entre os implementos mais vendidos estão os semirreboques graneleiros e basculantes, voltados principalmente ao segmento agrícola.

Em cotas de consórcio os resultados também foram positivos. O Consórcio Nacional Librelato fechará o mês de outubro com recorde de cotas comercializadas.

“Esta edição superou nossas expectativas devido ao retorno da confiança no mercado, sinalizando uma retomada sustentável nos negócios. Além disso, os clientes ficaram surpresos por termos apresentado inovações para comercialização imediata, o que despertou bastante interesse de compra”, conclui.

“Atualmente a Librelato tem participação de 13% e a expectativa é de fechar 2019 com 15% de participação no mercado interno”, prevê o CEO.

Investimentos em infraestrutura

A empresa anunciou em maio deste ano investimento de 25 milhões de reais no desenvolvimento de novos produtos, construção de nova área fabril de nove mil metros quadrados e ampliação da área administrativa que terá mais de três mil metros quadrados.

As obras serão concluídas no início de 2020 e a capacidade produtiva anual saltará de 11 mil para 14 mil implementos.

As linhas de produtos graneleiros e basculantes, fomentadas principalmente pelo agronegócio, representam em torno de 70% de todo o volume de produção da Librelato.

O terceiro segmento em volume de produção é o de tanques em aço carbono para transporte de combustíveis, que representa em torno de 7% do volume produzido. O restante é dividido entre as demais linhas de produtos e seus respectivos segmentos de mercado.