FECHAR
FECHAR
16 de junho de 2010
Voltar
Bauma 2010

Scania apresenta caminhões para serviços pesados

A novidade da Scania na maior feira de equipamentos para construção e mineração do mundo ficou por conta da linha de caminhões com motor V8, que atende à faixa de potência de 500 hp a 730 hp. Os equipamentos se enquadram nas normas internacionais de controle de emissão de poluentes Euro 3, Euro 4 e Euro 5, com classificação de torque entre 2.500 Nm e 3.500 Nm.

Dotados de sistema de injeção sob extra-alta pressão, os motores V8 oferecem economia de combustível em operações pesadas. O torque elevado, em baixas rotações, abre a possibilidade de economizar ainda mais combustível. Além disso, a Scania também oferece aos usuários a possibilidade de rodar seus caminhões com até 100% de biodiesel (FAME) na Europa e com 5% no Brasil, para reduzir as emissões de carbono.

A montadora também apresentou sua linha de caminhões rígidos basculantes das séries P e G, os mais comuns no Brasil, indicados principalmente para o transporte de terra.  O modelo G 440 8x6, equipado com motor de 440 cv de potência, dispensa o uso de qualquer tipo de aditivo, estando, assim, 100% adaptado ao uso do biodiesel.

Já o modelo P380 6x4, com motor de 380 hp, tem capacidade de carga de 26 t. Entre as medidas adotadas para cumprimento aos requisitos de emissão de poluentes, a Scania desenvolveu catalisadores à base de Redução Catalítica Seletiva (tecnologia SCR), combinada com a injeção sob exta-alta pressão. Por meio do SCR, uma solução de uréia instalada no tubo de escape reage com os gases da combustão, de forma a eliminar os poluentes gerados no processo.

www.scania.com


A novidade da Scania na maior feira de equipamentos para construção e mineração do mundo ficou por conta da linha de caminhões com motor V8, que atende à faixa de potência de 500 hp a 730 hp. Os equipamentos se enquadram nas normas internacionais de controle de emissão de poluentes Euro 3, Euro 4 e Euro 5, com classificação de torque entre 2.500 Nm e 3.500 Nm.

Dotados de sistema de injeção sob extra-alta pressão, os motores V8 oferecem economia de combustível em operações pesadas. O torque elevado, em baixas rotações, abre a possibilidade de economizar ainda mais combustível. Além disso, a Scania também oferece aos usuários a possibilidade de rodar seus caminhões com até 100% de biodiesel (FAME) na Europa e com 5% no Brasil, para reduzir as emissões de carbono.

A montadora também apresentou sua linha de caminhões rígidos basculantes das séries P e G, os mais comuns no Brasil, indicados principalmente para o transporte de terra.  O modelo G 440 8x6, equipado com motor de 440 cv de potência, dispensa o uso de qualquer tipo de aditivo, estando, assim, 100% adaptado ao uso do biodiesel.

Já o modelo P380 6x4, com motor de 380 hp, tem capacidade de carga de 26 t. Entre as medidas adotadas para cumprimento aos requisitos de emissão de poluentes, a Scania desenvolveu catalisadores à base de Redução Catalítica Seletiva (tecnologia SCR), combinada com a injeção sob exta-alta pressão. Por meio do SCR, uma solução de uréia instalada no tubo de escape reage com os gases da combustão, de forma a eliminar os poluentes gerados no processo.

www.scania.com