FECHAR
Voltar

Painel

Revista M&T Edição 138 - 10/2010

Máquina Solo incorpora linha italiana para fundações

Por meio de uma representação da distribuidora Máquina Solo, os equipamentos da italiana Casagrande para serviços de fundações e geotecnia já estão disponíveis no mercado brasileiro. A linha que a dealer está trazendo inclui máquinas para a execução de estacas escavadas, estacas hélice-contínua, paredes diafragma, hidrofresas e microestacas, tais como estacas raiz, ancoragem e jet-grouting, atendendo à demanda por quase todos os tipos de obras desse gênero.

Segundo Fabio Damasio, diretor-presidente da Máquina Solo, o custo-benefício é uma das apostas da empresa em resposta à competitividade do mercado. “A relação entre o peso e a produtividade dos equipamentos é uma das melhores do mundo, pois um equipamento de 35 t, como o B125, por exemplo, pode fazer estacão de 1.500 mm de diâmetro e 50 m de profundidade.” Ele ressalta que a eletrônica embarcada dos equipamentos é outro fator favorável à marca.

Para oferecer assistência técnica aos clientes brasileiros, a Máquina Solo firmou uma parceria com a empresa Biosonda, que atua na manutenção preventiva e corretiva de equipamentos para fundação, geotecnia e meio-ambiente. Os trabalhos serão supervisionados pelo engenheiro Marcelo Bois, certificado pela Casagrande em sua fábrica na Itália. “Além disso, a Máquina Solo manterá um estoque de peças de reposição e poderá realizar a importação de outras peças sob demanda”, completa Damasio.

Ele ressalta que a incorporação dos equipamentos da Casagrande ao portfólio oferecido pela empresa resultará na oferta de soluções completas para fundações e geotecnia. “Para estacas cravadas a percussão, oferecemos a linha da Junttan, e para as estacas cravadas por vibração temos os equipamentos da ICE, enquanto a Allu se destaca pelos sistemas de estabilização de solos moles e agora passamos a dispor de tecnologia para estacas perfuradas e moldadas in loco.”

 

27/09/2010