FECHAR
FECHAR
Voltar

Painel

Revista M&T Edição 123 - 01/2010

Manitowoc aposta na área de serviços

Com a expansão do parque de guindastes da Manitowoc no Brasil, a empresa registra um aumento na demanda instalada de seu Centro de Reparos e Serviços, também denominado En-CORE, que ela montou em Guarulhos, na Grande São Paulo. Ocupando uma área de 1.000 m2, o EnCORE conta com profissionais preparados para a execução de manutenções nos equipamentos da marca, como reparos de cilindros hidráulicos, lanças e outros componentes.

Além de realizar a manutenção nos guindastes Manitowoc e Grove, o centro de serviços responde pela montagem dos equipamentos da linha National Crane, lançada pela empresa no Brasil no fim de 2007. Esses guindastes, com capacidade para 30 t de carga, são importados e montados sobre chassis de caminhões fabricados no Brasil, o que requer profissionais, ferramental e área para a execução desse serviço.

Camilo Filho, gerente de suporte aos clientes da Manitowoc, explica que a exigência para a montagem dos equipamentos é que o caminhão tenha tração 6x4 e motor eletrônico, com potência acima de 260 hp. “Como o acelerador do guindaste é eletrônico, o motor também precisa ter esse sistema de gerenciamento, para que haja interface entre os dois módulos.” Ele ressalta a grande receptividade do mercado em relação aos modelos da National Crane, que, como são do tipo TC (Truck Crane), podem se deslocar por rodovias sem a necessidade de licença especial. Diante do sucesso comercial desse guindaste, a empresa planeja o lançamento de outro modelo, com 35 t de capacidade de carga, atualmente em fase de desenvolvimento.