FECHAR
FECHAR
Voltar

Painel

Revista M&T Edição 148 - 08/2011

Gascom vai fornecer equipamentos de apoio a Belo Monte

A Gascom foi selecionada pelo Consórcio Construtor Belo Monte para o fornecimento de caminhões irrigadeiras, comboios de lubrificação e abastecimento e demais equipamentos de suporte à maior obra de geração de energia em implantação no Brasil nos últimos 30 anos. Joel Ferreira Lima, gerente comercial da Gascom, afirma que, em uma primeira etapa, a construção da usina de Belo Monte vai demandar a mobilização de 89 equipamentos de apoio. Serão 33 unidades de caminhões irrigadeiras (Prosolo), 25 de comboios de abastecimento (Prodiesel), quatro comboios de combate a incêndio e queimadas (Agribomba) e 27 comboios de lubrificação (Pressolub), sendo 22 com tração 6x4 e cinco com tração 4x4. “Esse primeiro lote será entregue até dezembro deste ano”, ressalta Lima.

Segundo o executivo, os critérios adotados para a escolha da empresa se basearam na qualidade dos equipamentos e na capacidade de entrega e assistência técnica, considerando tanto a rapidez no atendimento in loco quanto na reposição de peças originais. “As negociações foram concretizadas após longas reuniões técnicas, as quais foram importantes para mostrar os diferenciais que a Gascom oferece”.

Cada um dos equipamentos fornecidos será mobilizado em diferentes funções estratégicas. O Prosolo, por exemplo, foi desenvolvido para o tratamento de solos e irrigação por aspersão de jatos d’água reguláveis, com aplicação em terrenos planos ou encostas. O equipamento tem capacidade de fornecer 2.000 litros de água por minuto. Por ser equipado com duas bombas, sendo uma com capacidade para fornecer 250 litros por minuto e outra de 100 litros por minuto, o Prodiesel pode realizar o abastecimento de combustíveis em duas máquinas ao mesmo tempo. Já o Pressolub abastece e lubrifica máquinas que operam na obra, com alto rendimento e proteção assegurada.

A expectativa em relação aos resultados a serem obtidos com a participação na construção de Belo Monte é considerada satisfatória pelo gerente. “Além de fornecer equipamentos para uma obra de grande importância para o país, deveremos ter solicitações feitas por outros prestadores de serviços para a obra, até por saberem das exigências do consórcio. Belo Monte vai demandar um grande contingente de mão de obra terceirizada”, ele ressalta.

 

04/08/2011
04/08/2011