FECHAR
FECHAR
18 de março de 2019
Voltar

LOGÍSTICA

Intermodal South America puxa retomada de negócios no setor

Nível de confiança do mercado no potencial de negócios do setor segue em crescimento. Somente de 2017 para 2018, participação de executivos e tomadores de decisão no evento aumentou cerca de 10%
Fonte: Assessoria de Imprensa

Tradicional ponto de encontro dos setores logístico, de transporte de cargas e de comércio exterior, a Intermodal South America, o maior evento dedicado a estes mercados na América Latina, chega a mais uma edição.

A feira, que acontece entre os dias 19 e 21 de março, reconhecida por antecipar as principais tendências para todos os elos da cadeia logística e por estimular novos negócios no setor, é vista como um termômetro para o desenvolvimento constante dos segmentos que congrega e por isso atrai, cada vez mais, a presença de executivos e tomadores de decisão ao seu hall de visitantes.

Dados da Informa, promotora e organizadora do evento, revelam o aumento da qualificação do público na Intermodal.

No comparativo das duas últimas edições da feira, por exemplo, a participação desses profissionais cresceu cerca de 10%, o que indica que o mercado em geral vem recuperando gradativamente a confiança na economia do país e, consequentemente, no potencial de negócios do setor.

De 2017 para 2018, houve alta na presença de gerentes (+ 4%), de diretores (+ 2%), de coordenadores e supervisores (+ 2%) e de presidentes, CEO's e diretores gerais (+ 1%), dos mais diferentes setores, no evento.

"Estamos sempre buscando inovar e surpreender o público – expositor ou visitante –, adequando a Intermodal às expectativas e necessidades do setor, trazendo para o evento o que há de melhor no mercado, tanto em termos de produtos e serviços quanto em questão de conteúdo, e oferecendo diferenciais competitivos únicos", afirma Márcia Gonçalves, gerente geral do portfólio de infraestrutura da Informa.

Entre todos os segmentos que marcam presença na feira, destacam-se o de transportes, logística e armazenagem, que também apresentaram crescimento no número de profissionais que visitam o evento.

Em 2017, 26% do público visitante pertencia a este mercado, enquanto em 2018 chegou a 33%, alta de 7%.

Na sequência, vêm os representantes dos embarcadores de carga (dos mais diversos segmentos industriais), com 31%; das empresas de importação e exportação, com 15%; de serviços (8%) e de consultoria (4%), resultando na circulação de mais de 33 mil profissionais no evento, do mundo inteiro. 60% deles são provenientes de países da América do Sul, 14% da Europa, 10% da América do Norte, 9% da Ásia, 6% da América Central e 1% da África.