FECHAR
FECHAR
29 de abril de 2019
Voltar

AGRONEGÓCIO

Startups apresentam inovação e tecnologia na Agrishow 2019

Novidade na feira, a Arena de Inovação terá soluções voltadas à conectividade no campo
Fonte: Assessoria de Imprensa

Há 25 anos, a Agrishow – Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação é o principal palco de tendências para o agronegócio brasileiro.

Nesta edição, que acontece entre os dias 29 de abril e 3 de maio, o evento inova mais uma vez ao reunir sete startups direcionadas ao segmento para mostrar tecnologias de última geração que irão contribuir para a conectividade e para a produtividade no campo.

A Arena de Inovação apresentará soluções inovadoras e importantes para o agronegócio.

Entre as novidades das startups, a AgroHúngaro irá mostrar a Digital Farms, que promete intensificar ainda mais o uso de tecnologia nas propriedades rurais.

Com o sistema, o produtor rural consegue ter acesso diário a mapas de satélite filtrados por um sistema de inteligência que fornece informações precisas sobre sanidade e uso racional de fertilizantes e defensivos.

Também consegue saber qual a estimativa de produção, com calibração de campo feita por programadores em parceria com a Universidade de São Paulo (USP) e outras instituições renomadas.

No caso de consultores e grandes grupos, o sistema possibilita, o monitoramento de equipe, além de fornecer acesso a visitas programas e marcadas in loco.

A GoFarms faz o lançamento oficial de seu aplicativo, que realiza o gerenciamento da propriedade rural e das atividades dos tr...


Há 25 anos, a Agrishow – Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação é o principal palco de tendências para o agronegócio brasileiro.

Nesta edição, que acontece entre os dias 29 de abril e 3 de maio, o evento inova mais uma vez ao reunir sete startups direcionadas ao segmento para mostrar tecnologias de última geração que irão contribuir para a conectividade e para a produtividade no campo.

A Arena de Inovação apresentará soluções inovadoras e importantes para o agronegócio.

Entre as novidades das startups, a AgroHúngaro irá mostrar a Digital Farms, que promete intensificar ainda mais o uso de tecnologia nas propriedades rurais.

Com o sistema, o produtor rural consegue ter acesso diário a mapas de satélite filtrados por um sistema de inteligência que fornece informações precisas sobre sanidade e uso racional de fertilizantes e defensivos.

Também consegue saber qual a estimativa de produção, com calibração de campo feita por programadores em parceria com a Universidade de São Paulo (USP) e outras instituições renomadas.

No caso de consultores e grandes grupos, o sistema possibilita, o monitoramento de equipe, além de fornecer acesso a visitas programas e marcadas in loco.

A GoFarms faz o lançamento oficial de seu aplicativo, que realiza o gerenciamento da propriedade rural e das atividades dos trabalhadores rurais.

O principal diferencial do app é ser focado na gestão das pessoas, melhorando o fluxo de informações e possibilitando uma solução mais rápida para um problema que ocorre na fazenda, resultando em mais produtividade e mais eficiência.

A plataforma pode ser usada em diversos ramos do agronegócio, desde propriedades rurais, como grãos, por exemplo, passando pela pecuária e piscicultura até usinas de cana de açúcar.

Focada no desenvolvimento de projetos de engenharia eficiente, utilizando tecnologias modernas, de maneira sustentável, com responsabilidade social e ambiental, a ModelWorks apresenta a pulverização agrícola por meio de drones, que traz como benefícios a redução dos custos do serviço de pulverização aérea, redução de riscos humanos e ambientais e aumento de produtividade.

A Prime Field disponibiliza soluções tecnológicas embarcadas em campo, visando satisfazer integralmente as necessidades e requisitos de seus clientes.

Entre os produtos e serviços estão: implantação de projetos de tecnologias embarcadas e geotecnologias; serviços de Instalação eletrônica, hidráulica e mecânica em campo; agricultura de precisão; site survey (RTK, VHF/UHF e GPRS); topografia e aerolevantamento e projetos de sistematização; aplicação de insumos a taxa variável; processamento de dados geográficos em nuvem.

Startup israelense que usa drones e inteligência artificial para ajudar agricultores a otimizar a produtividade de suas árvores, a SeeTree participa pela primeira vez da feira.

Da tomada de decisões agronômicas e de negócios até a administração de operações de cultivo, a SeeTree traz uma visibilidade sobre os registros de saúde e da produtividade de cada árvore. Como resultado e com a ajuda dos conhecimentos dos fazendeiros, a administração das plantações são mais eficientes, aumentando significativamente a lucratividade.

A Smart Sensing Brasil leva sua tecnologia inovadora de pulverização: o sistema WEEDit, que identifica a presença de plantas e realiza a pulverização somente sobre as mesmas, acabando com o uso desnecessário de herbicidas.

A tecnologia gera uma redução significativa nos custos de produção, aumenta a eficiência de pulverização e contribui com o meio ambiente. Além disso, uma economia de mais de 95% no uso de defensivos agrícolas têm sido presenciadas em áreas de produção de soja, milho e algodão.

Por fim, a Sunalizer, mostra sua plataforma online para contratação de projetos solares fotovoltaicos.

O sistema conecta os clientes à rede de instaladores selecionados, garantindo rapidez, segurança e facilidade durante o processo de identificação, cotação e definição do seu instalador. São mais de 4.000 megawatts desenvolvidos em mais de 55 projetos no Brasil, Chile, Peru e Argentina.

A feira contará com a participação de mais de 800 marcas nacionais e internacionais e espera receber mais de 150 mil visitantes vindos do Brasil e do exterior.