FECHAR
FECHAR
10 de dezembro de 2019
Voltar

EQUIPAMENTOS

SDLG busca expandir mercado de retroescavadeiras

De janeiro a setembro de 2019, das 6 mil máquinas vendidas em países da América Latina, 2,3 mil foram retroescavadeiras, o que significa 40% do total
Fonte: KHL

Segundo Enrique Ramírez, diretor comercial das marcas Volvo e SDLG para México, Peru, Colômbia, Equador, Panamá, República Dominicana e toda a América Central, muitos clientes escolhem a retroescavadeira pela conveniência de ter uma só máquina para realizar diferentes trabalhos ao mesmo tempo.

“É um equipamento multifunções que está ganhando uma cota de mercado”, diz Ramírez. De janeiro a setembro de 2019, das 6 mil máquinas vendidas nestes países, 2,3 mil foram retroescavadeiras, o que significa 40% do total.

Lançadas este ano na América Latina, as retroescavadeiras B876F estão chegando a todos os mercados.

“Já temos vendas e negociações em curso em praticamente todos os países da região”, diz Ramírez. A comercialização vem chegando a clientes de todos os tamanhos.

“Há um grande potencial. Somos otimistas em relação à aceitação do nosso produto”, afirma o executivo. Segundo ele, a marca SDLG tem a vantagem de ter pós-venda muito amplo e estabelecido, além do preço competitivo.

De acordo com Ramírez, a retroescavadeira B867F se destaca por três características importantes: tecnologia na medida da necessidade do cliente, fac...


Segundo Enrique Ramírez, diretor comercial das marcas Volvo e SDLG para México, Peru, Colômbia, Equador, Panamá, República Dominicana e toda a América Central, muitos clientes escolhem a retroescavadeira pela conveniência de ter uma só máquina para realizar diferentes trabalhos ao mesmo tempo.

“É um equipamento multifunções que está ganhando uma cota de mercado”, diz Ramírez. De janeiro a setembro de 2019, das 6 mil máquinas vendidas nestes países, 2,3 mil foram retroescavadeiras, o que significa 40% do total.

Lançadas este ano na América Latina, as retroescavadeiras B876F estão chegando a todos os mercados.

“Já temos vendas e negociações em curso em praticamente todos os países da região”, diz Ramírez. A comercialização vem chegando a clientes de todos os tamanhos.

“Há um grande potencial. Somos otimistas em relação à aceitação do nosso produto”, afirma o executivo. Segundo ele, a marca SDLG tem a vantagem de ter pós-venda muito amplo e estabelecido, além do preço competitivo.

De acordo com Ramírez, a retroescavadeira B867F se destaca por três características importantes: tecnologia na medida da necessidade do cliente, facilidade de operar e a rede de pós-venda estruturada.

“Um dos aspectos mais destacados da B876F é a transmissão PowerShift, que vem de série e tem quatro marchas à frente e três de ré”, diz Bóris Sánchez, gerente regional de suporte de vendas da Volvo CE América Latina.