FECHAR
FECHAR
21 de janeiro de 2020
Voltar

AGRONEGÓCIO

John Deere projeta números positivos de vendas de máquinas agrícolas para a safra 2020

Todos os fundamentos da agricultura estão favoráveis para o agricultor incrementar seus investimentos em maquinário agrícola
Fonte: Notícias Agrícolas

A John Deere quer manter a projeção de aumento nas vendas de máquinas agrícolas em 2020 em linha com a análise divulgada pela Associação dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), que indica uma elevação de cerca de 3% nas vendas de tratores e colheitadeiras, em relação a 2019.

O termômetro do mercado para este ano de 2020, segundo Eduardo Martini, gerente divisional de vendas da John Deere, será o número de vendas de máquinas e implementos da marca já nesta próxima edição do Show Rural Coopavel, que tem início no dia 03 de Fevereiro em Cascavel, no oeste do Paraná.

Segundo Martini, todos os fundamentos da agricultura estão favoráveis para o agricultor incrementar seus investimentos em maquinário agrícola, com dinheiro disponível para os financiamentos do setor e juros fixos de 8,5 por cento com 7 anos de prazo para pagamento.

"Estamos confiantes num ano bastante positivo, porque o agricultor, principalmente do Paraná, está pronto pra colher uma safra recorde de soja e milho, com preços remuneradores, e ele tem a necessidade de adquirir mais tecnologia para suas áreas de cultivo, já de olho nas próximas safras”, explica o executivo. “Com esta boa safra de 2020, ele precisa adquirir mais colhei...


A John Deere quer manter a projeção de aumento nas vendas de máquinas agrícolas em 2020 em linha com a análise divulgada pela Associação dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), que indica uma elevação de cerca de 3% nas vendas de tratores e colheitadeiras, em relação a 2019.

O termômetro do mercado para este ano de 2020, segundo Eduardo Martini, gerente divisional de vendas da John Deere, será o número de vendas de máquinas e implementos da marca já nesta próxima edição do Show Rural Coopavel, que tem início no dia 03 de Fevereiro em Cascavel, no oeste do Paraná.

Segundo Martini, todos os fundamentos da agricultura estão favoráveis para o agricultor incrementar seus investimentos em maquinário agrícola, com dinheiro disponível para os financiamentos do setor e juros fixos de 8,5 por cento com 7 anos de prazo para pagamento.

"Estamos confiantes num ano bastante positivo, porque o agricultor, principalmente do Paraná, está pronto pra colher uma safra recorde de soja e milho, com preços remuneradores, e ele tem a necessidade de adquirir mais tecnologia para suas áreas de cultivo, já de olho nas próximas safras”, explica o executivo. “Com esta boa safra de 2020, ele precisa adquirir mais colheitadeiras e novas máquinas de plantio, por causa também das janelas de manejo, que estão cada vez mais curtas.”