FECHAR
FECHAR
Voltar

Painel

Revista M&T Edição 136 - 08/2010

Concreto especial para Angra 3

As usinas misturadoras HN 3.0, produzidas pela Schwing Stetter, já estão em operação na obra da usina nuclear Angra 3, cuja execução foi autorizada pela Comissão Nacional de Energia Nuclear (Cnen). Segundo Ricardo Lessa, gerente comercial da fabricante para a América do Sul, os equipamentos produziram 2 mil m³ de concreto para a execução da laje do prédio do reator. Mas esse foi apenas o inicio do projeto, que consumirá um total de 300 mil m³ durante toda a sua construção. “Trata-se de uma obra diferenciada no que se refere ao controle tecnológico do concreto, que precisa ser à prova de radioatividade”, ele afirma.

Nesse ponto, o executivo ressalta a precisão dos equipamentos da marca na dosagem do cimento e demais agregados do concreto. “Nossas centrais misturadoras contam com um sistema de automação que permite trabalhar com desvios de pesagem bem abaixo dos exigidos pelas normas.” Na obra da hidrelétrica Santo Antônio, por exemplo, localizada no rio Madeira, ele ressalta que esse nível de precisão também resulta em economia de cimento. “Num projeto que consumirá 3,5 milhões m³ de concreto, esse ganho se traduz em significativa redução de custo.”