FECHAR
FECHAR
16 de janeiro de 2019
Voltar

Artigos

Soluções para os desafios enfrentados pelo jovem agricultor

Fonte: Assessoria de Imprensa

Clima, pragas e doenças nas lavouras, falta de mão de obra ou de mão de obra qualificada, preço dos produtos agrícolas, produtividade e custos operacionais são os principais desafios enfrentados pelo produtor em seu negócio.

Os dados são da Associação Brasileira de Marketing Rural e Agronegócio (ABMRA), de acordo com a 7ª Pesquisa de Hábitos do Produtor Rural.

Ainda que esteja diante de tantos desafios, o agronegócio continua sendo essencial em um país considerado o celeiro do mundo e com enorme potencial agricultável, principalmente levando-se em consideração o aumento da projeção populacional estimada para quase 10 bilhões de pessoas em 2050, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU).

Desta forma, o jovem produtor assume o desafio de trazer ao agronegócio mais produtividade, sustentabilidade e rentabilidade.

Agora, mais do que nunca, o produtor precisa estabelecer metas, fazer a gestão do seu negócio, programar-se, e traçar planos. O agricultor do presente e, principalmente, do futuro, é multitarefa e empreendedor, pois deve compreender o processo desde os impactos das variáveis do clima até características de produto necessárias à exportação, integrando conhecimentos para fazer a tomada de decisão mais assertiva. A boa gestão é a único controle nas mãos do agricultor.

Para quem busca eficiência no trabalho do campo e na gestão do negócio, tecnologia é fundamental.

De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), 58,4% do crescimento da produção agrícola no período entre 1975 e 2015 se deve à tecnologia.

E quando o assunto é tecnologia, o jovem agricultor já está conectado. Grupos em mídias sociais, por exemplo, servem diariamente como plataforma para troca de informações, conhecimento e experiências.

Desenvolvidos com tecnologia de ponta, as máquinas e implementos agrícolas também são grandes aliados do agricultor para que ele consiga cumprir a missão de produzir em janelas de cultivo cada vez mais curtas e conquiste, assim, aumento na produtividade.

Os usos destes equipamentos permitem economia de mão de obra, têm menos impacto no meio ambiente e proporcionam mais economia e eficiência nas lavouras.

A agricultura de precisão é outro recurso aliado do jovem do campo e não pode ser visto como uma tendência para o futuro, e sim como uma realidade para suprir as necessidades atuais do segmento.