FECHAR
26 de March de 2018
Voltar

Empresas #

ZF anuncia aumento de atividades em P&D

O CEO da ZF Wolf-Henning Scheider, anuncia a ampliação das atividades de pesquisa e desenvolvimento
Fonte: Assessoria de Imprensa

A ZF Friedrichshafen AG aumentará, novamente, os seus investimentos em pesquisa e desenvolvimento com o objetivo de produzir tecnologias destinadas ao futuro da mobilidade.

"O mundo da mobilidade está girando em alta velocidade", comenta o CEO Wolf-Henning Scheider, que assumiu o cargo em 1º de fevereiro.

“Pretendemos fornecer aos nossos clientes soluções pioneiras em todos os campos, e por isso, aumentaremos o nosso investimento em pesquisa e desenvolvimento", acrescenta o executivo.

Em 2017, a ZF investiu € 2,2 bilhões em pesquisa e desenvolvimento, um aumento de quase 15% quando comparado com 2016.

Neste ano, comenta o executivo, praticamente mais de dois bilhões de euros serão destinados ao trabalho de desenvolvimento em todo o mundo, com o objetivo de estimular sistemas de acionamento elétrico e a hibridização da tecnologia de transmissões, bem como sistemas de segurança veicular e condução automatizada.

“Isso significa que a parcela do orçamento alocada a P&D aumentará de 6,1% para quase 6,5%, neste ano”, comenta.

Da mesma forma, comenta, a ZF tem como objetivo continuar investindo em propriedades, fábricas e equipamentos (2017: €1,4 bilhão).

Duas novas fábricas para a produção de componentes para sistemas de acionamento elétrico estão planejadas, dentre outras coisas.

Vendas

Em 2017, a ZF registrou um crescimento nominal de 3,6% para € 36,4 bilhões em vendas do Grupo (2016: € 35,2 bilhões).

Ajustando-se os efeitos cambiais e as atividades de M&A – fusões e aquisições, verificou-se um crescimento orgânico de vendas de 6%.

As Divisões de Tecnologia para Veículos Comerciais e de Tecnologias para Trem-de-Força para Veículos Leves obtiveram aumento de vendas de 7,2% e 9,3%, respectivamente.

"As transmissões automáticas da ZF destinadas a veículos de passageiros contribuem para a redução das emissões de CO2. Elas são, portanto, um componente-chave para se atingir as metas de limitação europeias e as metas climáticas globais, e possuem elevada demanda. Combinada com o motor elétrico altamente integrado, essa tecnologia ainda possui alto potencial de crescimento", acrescenta Scheider.

O crescimento regional foi misto. Na Europa e na América do Norte, as vendas cresceram quase 3%. O crescimento orgânico de 8% na região da Ásia-Pacífico foi reduzido para quase 2% devido ao efeito negativo na moeda chinesa, o renminbi.

Produção editorial: Revista M&T – Desenvolvido e atualizado por Diagrama Marketing Editoral