FECHAR
FECHAR
03 de setembro de 2019
Voltar

TENDÊNCIAS

Sany lança caminhão betoneira elétrico sem motorista

O caminhão betoneira elétrico automático da Sany é considerado o primeiro sem motorista do mundo, adotando um sistema de bateria
Fonte: Assessoria de Imprensa

A Sany apresenta para o mercado o caminhão betoneira automático. De acordo com a fabricante chinesa, o mecanismo do sistema de acionamento automático é simples.

A câmera e o radar na betoneira coletam os dados da condição de estrada à frente e, em seguida, passam os dados através de um sinal para o processador.

Depois de acionado o sinal, o processador emite o sinal para o controle do veículo, realizando assim a operação sem precisar de motorista.

Este sistema de acionamento automático, afirma a fabricante, foi desenvolvido independentemente pela Sany Intelligent Research Institute.

O caminhão betoneira automático também vem com um sistema de gerenciamento de temperatura, podendo operar de -50°C a 50°C.

Além disso, como a altitude não tem impacto na operação, aumenta a adaptação da máquina em ambientes complexos.

O caminhão betoneira elétrico automático da Sany, comenta a fabricante, é considerado o primeiro sem motorista do mundo, adotando um sistema de bateria.

“Com isso, o consumo de energia é 50% menor e o custo de manutenção com redução de 60%”, afirma.

Segundo relatos, a fábrica Sany Shaoyang, na China, foi construída em 2003. Em 2009, a fabricante introduziu a linha de produções de caminhões betoneiras e chassis especialmente na fábrica.

No mesmo ano, a Sany Special Vehicles Co., Ltda foi estabelecida no mesmo local. Atualmente a fábrica ocupa um espaço de 300.000 m³, com uma área de construção de 100,00 m² e um investimento total de 1 bilhão de RMB (Renminbi, moeda oficial da República Popular da China).

Em 2011 a produção de betoneiras ultrapassou 10.000 unidades; e em 2015, a linha de produção de caminhões de lixo ambientais foi introduzida na fábrica de Shaoyang.

De acordo com dados da empresa, a Sany Special Vehicles teve um valor de saída de 5,2 bilhões de RMB em 2018. Para este ano, espera-se alcançar um valor de produção de 8 bilhões de RMB.