FECHAR
FECHAR
25 de junho de 2014
Voltar

Artigos

Rompedores sem tirante é novidade da Furukawa

A tecnologia não possui tirantes e funciona como uma peça única e mais robusta
Fonte: Assessoria de Imprensa

A nova linha de rompedores hidráulicos de grande porte, FXJ, foi a grande novidade no estande da Multikawa, distribuidora oficial dos equipamentos da Furukawa Rock Drill (FRD) no Brasil na M&T Peças e Serviços 2014, realizada em junho pela Sobratema – Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração.

Apresentada como lançamento oficial na M&T Peças e Serviços 2014, a tecnologia não possui tirantes e funciona como uma peça única e mais robusta.

De acordo com Roberto Fonseca, gerente comercial da Multikawa, a linha FXJ foi projetada para integrar todos os componentes, como cabeçote e cilindro, entre outros, em uma peça única, protegida por uma carcaça NT-Box, que reduz as vibrações.

“Dessa forma excluímos a necessidade dos tirantes, item caro e que não pode ser reparado”, afirma ele.  O novo desenho também comportou uma proteção maior entre a camisa e o pistão que, bem como outras melhorias em relação à linha anterior, a “F”.

Os rompedores podem ser acoplados em equipamentos de até cem toneladas, porém o destaque foi dado ao modelo FXJ 275, para equipar escavadeiras de 19 a 30 toneladas, faixa mais comum do mercado.

O modelo será disponibilizado no Brasil junto com o FXJ 175, para escavadeiras de até 20 ton. O restante da linha ficará disponível conforme a demanda do mercado regional.

Como assessório opcional, a Multikawa disponibilizará o B Pro Monitor, painel com indicadores e histórico de operação do rompedor, projetado para facilitar e aprimorar o trabalho dos operadores.

“Além de o sistema alertar para trabalhos excessivos, como deixar o rompedor trabalhando ininterruptamente por mais de 30 segundos, ele também registra todos os dados da operação, emitindo relatórios que podem ser usados até para treinamentos”, diz.

 

 

Produção editorial: Revista M&T – Desenvolvido e atualizado por Diagrama Marketing Editoral