FECHAR
09 de julho de 2019
Voltar

TENDÊNCIAS

Projeto quer estimular startups

Para autor da proposta, deputado JHC (PSB-AL), proposta facilita atuação de investidores e empreendedores no setor de startups
Fonte: Agência do Rádio Mais

Projeto de lei complementar (PLP 146/2019) em tramitação no Congresso Nacional quer estimular, em todo o Brasil, a criação de startups – empresas iniciantes que buscam explorar atividades inovadoras no mercado.

O projeto está em análise na Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTCI) da Câmara dos Deputados e espera a escolha de um relator.

Autor da proposta, o deputado federal JHC, de Alagoas, afirma que o marco legal das startups vai ajudar o país a se adaptar à Indústria 4.0 e facilitar a atuação de investidores e empreendedores da área digital.

“Dentro do cenário que nós estamos vivendo de tecnologias executivas, vivendo de capital de alta tecnologia, espero que a gente possa, o Parlamento brasileiro, o Congresso Nacional, ofertar a melhor qualidade de legislação possível para quem quer empreender”, defendeu.

Nova tendência

Em Alagoas, por exemplo, a medida pode impulsionar o setor de tecnologia por meio de incentivos aos investimentos e aprimoramento do ambiente de negócios.

Atualmente, segundo dados da Associação Brasileira de Startups (Abstartups), o estado possui apenas 46 das 12.808 das empresas nacionais, o que equivale a 0,35% do total.

O diretor executivo Abstartups, Rafael Ribeiro, acredita que as regiões Norte e Nordeste passem a expandir esse mercado em um futuro próximo.

Hoje, a região Sudeste concentra quase metade das startups no país, sendo que 29,2% delas estão em São Paulo.

“O que eu vejo é uma tendência para os próximos anos que as grandes startups não estejam mais nos grandes centros. Eu acho que Norte e Nordeste vão passar a ter também uma série de startups ou uma debandada de áreas técnicas indo para essas regiões onde se consiga, de fato, contratar e ter um time técnico maior”, avalia.