FECHAR
FECHAR
06 de fevereiro de 2019
Voltar

EMPRESAS

O uso de empilhadeiras elétricas em diversos setores

Crescimento de outros segmentos, como varejista e atacarejo, propulsionam comércio de empilhadeiras
Fonte: Assessoria de Imprensa

O mercado de movimentação de materiais vem crescendo e com ele o de empilhadeiras elétricas também.

A Somov, empresa do Grupo Sotreq especializada na comercialização e manutenção de empilhadeiras das marcas Hyster e Yale, vem sentindo esse constante crescimento vindo de setores como o supermercadista, mas também de outros segmentos  como o varejista, o atacarejo, entre outros.

“A tecnologia aplicada nas novas empilhadeiras tem permitido grandes evoluções e equipamentos mais sustentáveis. É o caso das empilhadeiras elétricas que ganham cada vez mais espaço no mercado substituindo as máquinas a combustão, que emitem gases poluentes. Além disso, oferecem melhor custo operacional”, afirma Bruno Almeida, coordenador de produtos da Somov.

As empilhadeiras elétricas têm se destacado também em novos Centros de Distribuição, que necessitam de equipamentos elétricos, sejam para operações simples como Cross-docking ou em operações mais complexas.

“Setores mais tradicionais como, por exemplo, o automotivo, estão cada vez mais adeptos à troca de equipamentos a combustão por elétricos, pois apesar de se ter um investimento inicial maior, o retorno é mais rápido devido aos menores custos de operação (manutenção e combustível)”, reforça Almeida.

Para ajudar empresas no momento de escolha dos melhores equipamentos, a Somov possui consultores que dão suporte conforme as necessidades de atividades, como qual tipo de armazenagem o cliente possui, se o equipamento será para carga ou descarga, se é necessária movimentação horizontal, operação interna ou externa, qual o padrão e qualidade do piso, distância média que o equipamento percorrerá, quantos carregamentos e descarregamentos serão realizados por dia, quantidade de paletes que serão movimentados em cada etapa, entre outros.

“Para a indústria de transformação temos tido bastante procura dos equipamentos contrabalanceados elétricos, substitutos dos à combustão para operações externas/internas, como por exemplo a J2.5GX (Hyster) e a FB25RZ (Yale). Já nos setores de atacarejo, farmacêutico e alimentícios a procura maior são de equipamentos com grandes elevações de armazenamento (equipamentos Retráteis) e também de paleteiras embarcadas para movimentação horizontal de grandes distâncias que necessitam de agilidade”, afirma coordenador de produtos da Somov.