FECHAR
FECHAR
07 de novembro de 2018
Voltar

M&T Expo

NLMK participa de importante feira do setor de equipamentos

Durante a feira, a multinacional vai expor suas chapas antidesgaste Quard e seu aço estrutural de alta resistência Quend e as aplicações para o setor
Fonte: Assessoria de Imprensa

A siderúrgica NLMK vai participar da edição de 2018 da MT& Expo, Feira Internacional de Equipamentos para Mineração e Construção, que acontece de 26 a 29 de novembro, no São Paulo Expo, apresentando suas chapas de alta resistência ao desgaste Quard disponíveis em durezas de 400, 450, 500 e 550 brinell e na apresentação das chapas Quend com alto limite de escoamento disponíveis na resistência de 700, 900, 960, 1100 e 1300 Mpa.

“Cada vez mais os fabricantes de máquinas e equipamentos vêm buscando aços de alta resistência com nível de qualidade premium e, neste quesito, nossas chapas Quard e Quend se diferenciam dos concorrentes pois são produzidas com minério de ferro puro”, afirma Paulo Seabra, diretor-geral para América do Sul da empresa.

O Quard é um aço resistente à abrasão projetado para resistir ao desgaste em aplicações usadas nos setores de movimentação de terra, construção, mineração, pedreiras e reciclagem. Já o Quend, explica o executivo, refere-se a um alto limite de escoamento em aços desenvolvidos para aplicação de baixo peso, que exige alta capacidade de carregamento, com elevação ou transporte.

“Nossos aços são produzidos na usina NLMK Clabecq na Bélgica, localizada a poucos quilômetros do porto de Antuérpia, nos dando uma vantagem competitiva em logística para a América do Sul”, diz Seabra.

Os dois produtos permitem que os equipamentos, tais como caçambas de escavadeiras e pás carregadeiras, básculas de caminhões fora de estrada, revestimentos de britadores, chutes e laterais de transportadores, sejam mais resistentes, em substituição aos aços comuns de menor resistência e em substituição a outros aços descritos como resistentes ao desgaste, mas sem a mesma performance do Quard agregando valor aos produtos dos clientes, que terão um tempo de vida útil maior, além da redução do período perdido com paradas para manutenção.

“Isso irá resultar em um aumento de produtividade”, ressalta Seabra.

A durabilidade das chapas as tornam indicadas para máquinas grandes usadas em condições exigentes. Além disso, possuem propriedades excepcionais, pois permitem corte de alta precisão independentemente da técnica usada: usinagem, fresagem, furação e escareamento são feitos sem falhas; o raio de dobramento é reduzido para melhor desempenho e a soldagem é de maneira mais fácil com um resultado de qualidade, enquanto mantém altas propriedades mecânicas das chapas.

Produção editorial: Revista M&T – Desenvolvido e atualizado por Diagrama Marketing Editoral