FECHAR
FECHAR
08 de abril de 2019
Voltar

EMPRESAS

Maior siderúrgica japonesa passa a ser Nippon Steel Corporation

Uma das principais acionistas da Usiminas muda de nome a partir de abril. O grupo global, terceiro maior produtor de aço do mundo, também está sob nova direção
Fonte: Assessoria de Imprensa

A partir de abril, a Nippon Steel & Sumitomo Metal Corporation (NSSMC), incluindo suas subsidiárias consolidadas, muda seu nome comercial para Nippon Steel Corporation. No Brasil, a Nippon Steel & Sumitomo Metal Empreendimentos Siderúrgicos passa a se chamar Nippon Steel América do Sul.

O anúncio oficial foi feito em Tóquio, no Japão, em maio de 2018. A troca de nome comercial corrobora ainda mais a participação da multinacional no mercado mundial do aço e seus derivados.

A empresa, que já havia registrado crescimento com a fusão entre a Nippon Steel e a Sumitomo Metal, continuou em alta com a consolidação da Nisshin e da Sanyo, outras duas siderúrgicas nipônicas.

“Escolhemos um nome mais abrangente e fácil de explicar que nossa empresa é japonesa (Nippon = Japão); visando também o crescimento contínuo e global”, explica Yuichi Akiyama, presidente da Nippon Steel no Brasil e também responsável pelo projeto Usiminas.

Legado

A chegada da Nippon Steel ao Brasil e ao estado de Minas Gerais, em particular, evento histórico para o Japão e a empresa, é um legado de mais de 60 anos. Atualmente, as indústrias nipônicas estão entre os maiores investidores do país.

Mercado

A multinacional busca tornar-se a melhor fabricante de aço do mundo e, com as melhores capacidades de produção, alcançar a excelência nos resultados.

Opera atualmente 13 fábricas no Japão e desenvolve vários negócios de aço em mais de 21 países. A Nippon Steel enfatiza três áreas de negócio como estratégicas: (1) produtos de aço automotivo de alta qualidade; (2) recursos e energia; (3) engenharia civil, construção e ferrovias. Também opera em quatro segmentos: aço, engenharia, produtos químicos / novos materiais e soluções de sistemas.

Nova direção

Além dessa mudança, a multinacional passa a contar com novos diretores em abril.

Após dois anos na função de diretor para as Américas da Nippon Steel Sumitomo Metal Corporation no Brasil, Kazuhiro Egawa retorna ao Japão, onde assume como CEO da Kurosaki Harima Corporation.

Yoshiaki Shimada, ex-diretor executivo da unidade de Produtos Planos da Nippon Steel & Sumitomo Metal Corporation, em Tóquio, assume o cargo. Shimada iniciou as atividades na multinacional em abril de 1986.

Em continuidade à linha sucessória, Yuichi Akiyama, indicado em agosto de 2018, é o presidente da Nippon Steel no Brasil nos próximos anos.