FECHAR
FECHAR
07 de julho de 2020
Voltar

SUSTENTABILIDADE

Librelato adere à agenda sustentável da ONU

O objetivo é cumprir com os compromissos da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, aprovada pelos Países membros da ONU durante sua 70ª Assembleia Geral realizada em setembro de 2015, em Nova York
Fonte: Assessoria de Imprensa

A Librelato aderiu aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – ODS e ao Movimento Nacional ODS Santa Catarina.

O objetivo é cumprir com os compromissos da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, aprovada pelos Países membros da ONU durante sua 70ª Assembleia Geral realizada em setembro de 2015, em Nova York e contribuir para a melhoria da qualidade de vida da sociedade catarinense por meio de ações sustentáveis da empresa.

A agenda contempla um plano de ação internacional para uma coleção de 17 objetivos amplos, os quais se desdobram em 169 metas que abordam diversos temas fundamentais para o desenvolvimento humano, em cinco perspectivas: pessoas, planeta, prosperidade, parceria e paz.

Os temas podem ser divididos em quatro esferas principais: social, relacionada às necessidades humanas, de saúde, educação, melhoria da qualidade de vida e justiça; ambiental, que trata da preservação e conservação do meio ambiente, com ações que vão da reversão do desmatamento, proteção das florestas e da biodiversidade, combate à desertificação, uso sustentável dos oceanos e recursos marinhos até a adoção de medidas efetivas contra mudanças climáticas; econômica, em que aborda o uso e o esgot...


A Librelato aderiu aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – ODS e ao Movimento Nacional ODS Santa Catarina.

O objetivo é cumprir com os compromissos da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, aprovada pelos Países membros da ONU durante sua 70ª Assembleia Geral realizada em setembro de 2015, em Nova York e contribuir para a melhoria da qualidade de vida da sociedade catarinense por meio de ações sustentáveis da empresa.

A agenda contempla um plano de ação internacional para uma coleção de 17 objetivos amplos, os quais se desdobram em 169 metas que abordam diversos temas fundamentais para o desenvolvimento humano, em cinco perspectivas: pessoas, planeta, prosperidade, parceria e paz.

Os temas podem ser divididos em quatro esferas principais: social, relacionada às necessidades humanas, de saúde, educação, melhoria da qualidade de vida e justiça; ambiental, que trata da preservação e conservação do meio ambiente, com ações que vão da reversão do desmatamento, proteção das florestas e da biodiversidade, combate à desertificação, uso sustentável dos oceanos e recursos marinhos até a adoção de medidas efetivas contra mudanças climáticas; econômica, em que aborda o uso e o esgotamento dos recursos naturais, a produção de resíduos, o consumo de energia, entre outros; e institucional, que diz respeito às capacidades de colocar em prática todos esses objetivos.

“Participar desse movimento é uma confirmação de que a Librelato se preocupa com esses temas. Estamos honrados e com uma responsabilidade ainda maior de seguirmos com o compromisso de cuidar das gerações futuras”, José Carlos Sprícigo (foto), CEO da Librelato.