FECHAR
12 de março de 2019
Voltar

EMPRESAS

JLG apresenta novo sistema de detecção de objetos e estruturas

O EDS utiliza tecnologia ultrassônica inovadora para detectar quando um objeto está próximo – primeiro desacelerando e depois parando a máquina antes que ela entre em contato com o objeto
Fonte: Assessoria de Imprensa

A JLG Industries, Inc., uma empresa da Oshkosh Corporation, fabricante de plataformas de trabalhos aéreos e manipuladores telescópicos, apresenta o novo Sistema de Detecção Aprimorado - Enhanced Detection System (EDS).

EDS é a evolução do Sistema JLG Soft Touch, que usa sensores de proximidade para parar a máquina quando se aproxima de um objeto ou estrutura.

O EDS utiliza tecnologia ultrassônica inovadora para detectar quando um objeto está próximo – primeiro desacelerando e depois parando a máquina antes que ela entre em contato com o objeto.

“Segurança é a principal prioridade na JLG, e é por isso que nossas equipes de engenharia estão dedicadas a encontrar novas maneiras de tornar a operação mais segura com nossos equipamentos” afirma Rafael Nunez, gerente de produtos sênior da JLG – Tesouras e Mastros Verticais.

O EDS, afirma Nunez, utiliza sensores de detecção de objetos estrategicamente posicionados para aumentar a percepção do operador sobre seu entorno.

Quando a máquina está em uso, os sensores estabelecem pontos de aviso e param assim que o equipamento ultrapassa um desses pontos.

Alertas visuais e sonoros informam ao operador quando a plataforma de lança ou a tesoura se aproxima de uma estrutura.

Ao se aproximar de um objeto que é detectado pelos sensores, a máquina irá desacelerar e depois parar. O usuário tem a opção de alterar o sistema para aproximar-se da estrutura adjacente quando necessário para concluir o trabalho em altura.

“Este novo aprimoramento é extremamente benéfico em vários setores, incluindo as indústrias de aviação, aeroespacial e petroquímica”, explica Bill Dovey, gerente de produtos da JLG – Plataformas de Lança. “Acreditamos que esta nova tecnologia aumentará a capacidade do operador de detectar obstáculos.”