FECHAR
30 de julho de 2019
Voltar

Investimento

JCB do Brasil investe no país e lança três modelos de rolos compactadores

Com inserção dos equipamentos no portfólio, empresa amplia a cobertura para 70% do mercado de rolos compactadores
Fonte: Assessoria de Imprensa / Redação M&T

Como parte da estratégia de investimento no Brasil, a JCB apresenta para o mercado brasileiro três novos modelos de rolos compactadores – JCB 116D, CT160 e CT260. Com esses novos produtos, afirma Etelson Hauck, gerente de produto da JCB, a companhia cobrirá cerca de 70% do mercado de rolos no país.

Em visita à fábrica da JCB, em Sorocaba, a fabricante apresentou com exclusividade para a Revista M&T os novos modelos de compactadores.

O investimento em lançamentos vem no momento de retomada da economia e do aquecimento do mercado brasileiro.

De acordo com Hauck, com os lançamentos previstos para os próximos meses, a companhia espera crescer ainda mais no país.

“A ampliação do portfólio, já incluindo o lançamento dos novos rolos compactadores, nos traz a expectativa de acréscimo de 20% em nosso volume total de vendas nos próximos anos”, afirma.

O segmento de compactação apresenta uma tendência de crescimento diante da retomada de obras e investimentos em infraestrutura. Em 2019 estima-se que o volume desse mercado seja cerca de 50% maior que 2018.

Segundo o especialista, as máquinas proporcionam maior economia de combustível sem comprometer o desempenho devido ao alto torque em baixas r...


Como parte da estratégia de investimento no Brasil, a JCB apresenta para o mercado brasileiro três novos modelos de rolos compactadores – JCB 116D, CT160 e CT260. Com esses novos produtos, afirma Etelson Hauck, gerente de produto da JCB, a companhia cobrirá cerca de 70% do mercado de rolos no país.

Em visita à fábrica da JCB, em Sorocaba, a fabricante apresentou com exclusividade para a Revista M&T os novos modelos de compactadores.

O investimento em lançamentos vem no momento de retomada da economia e do aquecimento do mercado brasileiro.

De acordo com Hauck, com os lançamentos previstos para os próximos meses, a companhia espera crescer ainda mais no país.

“A ampliação do portfólio, já incluindo o lançamento dos novos rolos compactadores, nos traz a expectativa de acréscimo de 20% em nosso volume total de vendas nos próximos anos”, afirma.

O segmento de compactação apresenta uma tendência de crescimento diante da retomada de obras e investimentos em infraestrutura. Em 2019 estima-se que o volume desse mercado seja cerca de 50% maior que 2018.

Segundo o especialista, as máquinas proporcionam maior economia de combustível sem comprometer o desempenho devido ao alto torque em baixas rotações.

Ainda, contam com a tecnologia LiveLink – um sistema de telemetria capaz de monitorar toda a atividade do equipamento por meio de localização geográfica em tempo real, permitindo a gestão de manutenção, alertas de operação e controle de custos operacionais, auxiliando o cliente a otimizar seu tempo e dinheiro.

O modelo rolo simples (single drum) JCB 116D é versátil, trabalha tanto na terra quanto no asfalto e conta com tambor liso, tambor pé de carnero ou kit pé de carneiro para ser aplicado ao cilindro liso.

“O equipamento poderá ser utilizado em grandes obras, como rodovias e na abertura de novas estradas”, afirma.

Em questão tecnológica, o rolo conta ainda com o JCB Compatronic, que consiste em um dispositivo que mede a compactação em tempo real.

“Entre os principais ganhos está o aumento da produtividade, já que o número de ‘passes’ pode diminuir quando o operador atingir o nível de compactação desejado”, comenta o especialista.

Outro diferencial do modelo 116D é a utilização do trem de força JCB: motor, transmissão e eixos foram projetados e fabricados pela empresa, fazendo com que todos os componentes trabalhem em perfeita harmonia.

Já os modelos tandem CT160 e CT260 são indicados para a compactação de acabamento e manutenção de estradas, construção de vias médias ou pequenas, além de trabalhos em espaços confinados.

Os novos rolos são rebocáveis, o que traz mais flexibilidade e facilidade na hora de escolher o transporte para levar os equipamentos até o local de trabalho, além de reduzir os custos de deslocamento.

Manutenção

Outro diferencial do equipamento, comenta, é a facilidade de manutenção, constante em toda a linha de produtos JCB.

Toda revisão e troca de filtros é realizada ao nível do solo, o que aumenta sua eficiência, tendo em vista que o tempo de máquina parada é menor, além da segurança do operador.

Por fim, todos os modelos contam com facilidade de operação, mais visibilidade e conforto para o operador. O capô com ângulo baixo e plano permite visibilidade total traseira.

A tecnologia Rops & Fops (essa última apenas para o JCB116D), que o protege em caso de capotamento da máquina e de queda de objetos, também está presente nos lançamentos.

Investimentos

No início de julho, a JCB anunciou mais um ciclo de investimento no país no valor de R$ 100 milhões em sua fábrica localizada em Sorocaba, no interior de São Paulo.

De acordo com José LuisGonçalves, presidente da JCB para a América Latina, esse montante será utilizado como parte do investimento da empresa no Brasil nos próximos três anos como foco na produção de novos produtos, para o mercado brasileiro e para a América Latina, desenvolviemnto da parte ferramental, fornecedores, e ampliação das linhas de produção.

“Desde 2015, nosso market share vem crescendo mais de um ponto por ano”, afirma. “Acreditamos que nos próximos três anos chegaremos no topo da nossa capacidade de share com o que temos hoje e esses R$100 milhões permitem que avancemos ainda mais nessa participação de mercado”, comenta o presidente. A proposta da empresaé produzir por ano no país de duas a três novas máquinas nos próximos três anos.