FECHAR
FECHAR
19 de maio de 2020
Voltar

MERCADO

Governo deve baixar juros das linhas para aquisição de máquinas agrícolas

O Moderfrota foi bem menos demandado na safra 2019/2020 do que na 2018/2019
Fonte: Canal Rural

As taxas de juros das linhas de crédito rural voltadas à aquisição de máquinas agrícolas estão muito elevadas em relação à situação do mercado e poderiam ser revisadas pelo governo, destaca o consultor Ivan Wedekin.

De acordo com o especialista, o Moderfrota foi bem menos demandado na safra 2019/2020 do que na 2018/2019. No acumulado até abril, o programa foi 25% menos acessados do que na temporada passada, enquanto os programas de investimento no geral cresceram em média 18,4%.

Entre os motivos para o pé atrás do produtor, podem estar justamente os encargos. “O problema do Moderfrota são as taxas de juros atuais de 8,5% a 10,5%, que foram definidas quando a taxa selic estava 6,5%", diz Wedekin.

"Mas agora, com a Selic está em 3% e com inflação baixa, o governo tem toda a condição e deverá baixar esta taxa de juros para esse e outros programas”, finaliza.

...

As taxas de juros das linhas de crédito rural voltadas à aquisição de máquinas agrícolas estão muito elevadas em relação à situação do mercado e poderiam ser revisadas pelo governo, destaca o consultor Ivan Wedekin.

De acordo com o especialista, o Moderfrota foi bem menos demandado na safra 2019/2020 do que na 2018/2019. No acumulado até abril, o programa foi 25% menos acessados do que na temporada passada, enquanto os programas de investimento no geral cresceram em média 18,4%.

Entre os motivos para o pé atrás do produtor, podem estar justamente os encargos. “O problema do Moderfrota são as taxas de juros atuais de 8,5% a 10,5%, que foram definidas quando a taxa selic estava 6,5%", diz Wedekin.

"Mas agora, com a Selic está em 3% e com inflação baixa, o governo tem toda a condição e deverá baixar esta taxa de juros para esse e outros programas”, finaliza.