FECHAR
FECHAR
19 de fevereiro de 2019
Voltar

AGRONEGÓCIO

Faturamento do setor agropecuário cresce no Brasil

Dados da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) revelam que o Valor Bruto da Produção (VBP) chegou a R$ 600,3 bilhões em 2018, uma alta de 3,1% sobre 2017
Fonte: Assessoria de Imprensa

Tradicionalmente, o agronegócio brasileiro é um dos setores mais representativos para a economia do país, respondendo, atualmente, por aproximadamente 23% do PIB nacional.

E, em 2018, o potencial de negócios do setor novamente foi destaque. Segundo dados da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), somente no ano passado o faturamento, apenas no que refere às atividades de produção, chegou a R$ 600,3 bilhões, um aumento de 3,1% sobre 2017.

De acordo com a entidade, a principal responsável por isso foi a receita do segmento agrícola, que subiu 4,4% em relação ao ano anterior e alcançou a quantia de R$ 393,8 bilhões.

As maiores altas foram registradas no trigo, que cresceu 57,7%, no algodão em pluma (+ 51%), no cacau (+ 46,1%), no café arábica (+ 23,4%), na soja (+ 17,6%) e na batata-inglesa (+ 15,1%).

Mas, para atingir esse resultado, um fator é essencial, o investimento em novas tecnologias que aprimorem cada vez mais o processo produtivo e o tornem ainda mais efetivo.

Especialista neste mercado, a TSG Tecnal é uma das empresas que apostam em inovações para o setor agropecuário, como o Roller Belt Conveyor (RBC), um novo transportador de grãos que apresentará aos players do segmento durante a Intermodal South America 2019, considerado o maior evento de logística, transporte de cargas e comércio exterior da América Latina, que acontece de 19 a 21 de março, em São Paulo, SP.

"O RBC é um equipamento moderno, de alta performance, composto por correia enclausurada com capacidade para transportar até três mil toneladas por hora sem dispersão de pó no ambiente, com baixo nível de ruído e grande preservação da integridade dos grãos. Com um design robusto, foi projetado para trabalhos contínuos, com longa vida útil e baixa manutenção", destaca Claudemir Osório, gerente industrial da marca.