FECHAR
FECHAR
05 de maio de 2020
Voltar

MERCADO

Fábricas da Scania e VWCO voltam a operar

A fábrica de caminhões da Scania fica em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, a da Volkswagen, por sua vez, fica no sudoesta fluminense
Fonte: Frota&Cia

As fábricas de caminhões da Scania, em São Paulo, e da Volkswagen, no Rio de Janeiro, tiveram as linhas de produção reativadas no dia 27 de abril. Sendo assim, as plantas das duas empresas são as primeiras do setor a retomar as atividades no país.

A princípio, com a pandemia do novo coronavírus, as empresas deram férias coletivas aos funcionários no fim de março. A fábrica de caminhões da Scania fica em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, a da Volkswagen, por sua vez, fica no sudoesta fluminense.

No dia 17 de abril o governador de São Paulo, João Doria estendeu a quarentena em todos os 645 municípios do Estado até o dia 10 de maio. Assim, mantendo o fechamento de comércio e serviços não essenciais para reforçar o isolamento social.

De acordo com o Vice-presidente de Recursos Humanos da Scania, Danilo Rocha a empresa está dedicada a encontrar uma solução equilibrada que seja boa para os colaboradores e para a sustentabilidade financeira da empresa.

A planta da de Tucuman, na Argentina, que faz peças de transmissão para o Brasil e a Europa também voltou a operar ontem.

A Volkswagen Caminhões e Ônibus (VWCO) informou que a retomada será gradual. “A prioridade sempre será ...


As fábricas de caminhões da Scania, em São Paulo, e da Volkswagen, no Rio de Janeiro, tiveram as linhas de produção reativadas no dia 27 de abril. Sendo assim, as plantas das duas empresas são as primeiras do setor a retomar as atividades no país.

A princípio, com a pandemia do novo coronavírus, as empresas deram férias coletivas aos funcionários no fim de março. A fábrica de caminhões da Scania fica em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, a da Volkswagen, por sua vez, fica no sudoesta fluminense.

No dia 17 de abril o governador de São Paulo, João Doria estendeu a quarentena em todos os 645 municípios do Estado até o dia 10 de maio. Assim, mantendo o fechamento de comércio e serviços não essenciais para reforçar o isolamento social.

De acordo com o Vice-presidente de Recursos Humanos da Scania, Danilo Rocha a empresa está dedicada a encontrar uma solução equilibrada que seja boa para os colaboradores e para a sustentabilidade financeira da empresa.

A planta da de Tucuman, na Argentina, que faz peças de transmissão para o Brasil e a Europa também voltou a operar ontem.

A Volkswagen Caminhões e Ônibus (VWCO) informou que a retomada será gradual. “A prioridade sempre será a saúde de nossos colaboradores”, informou o presidente e CEO da companhia Roberto Cortes, por meio de nota. Segundo o executivo, dessa forma também será possível avaliar as condições da cadeia logística e de distribuição.

No dia 4 de maio as plantas das montadoras Volvo e Mercedes-Benz também devem retomar as atividades. No entanto, medidas preventivas também serão aplicadas.