FECHAR
FECHAR
11 de fevereiro de 2020
Voltar

EMPRESAS

Case e sua concessionária JMalucelli trazem máquinas de construção ao campo

Equipamentos comuns em obras são cada vez mais utilizados na produtividade do agronegócio
Fonte: Assessoria de Imprensa

Iniciando o calendário de eventos voltados ao agronegócio, a Case Construction Equipment, marca da CNH Industrial, junto ao seu concessionário para o Sul do país, JMalucelli Equipamentos, traz ao Show Rural Coopavel 2020, os equipamentos de construção que impulsionam também os negócios no campo.

De 3 a 7 de fevereiro em Cascavel, (PR), Case apresentou aos visitantes a retroescavadeira 580N, a pá carregadeira 621E e escavadeira CX220C e a minicarregadeira SR200.

Segundo Maurício Moraes, gerente de marketing da Case para América Latina, a retroescavadeira Case 580N tem motor Case/FPT MAR-I/Tier 3 com 85 hp de potência bruta e peso operacional de 7,858 kg. Com tração dianteira 4x4, o modelo é reconhecido por suas múltiplas aplicações, que vão da construção civil, à indústria e agricultura.

Já a pá carregadeira Case 621E se destaca pela economia no consumo de combustível: o motor eletrônico da Case/FPT N67 Mar-I/Tier3, afirma o executivo, dispõe de duas curvas de potência e dois modos de trabalho (standard e econômico).

O modo econômico garante até 10% de economia de combustível em relação à versão standard.

“A escavadeira hidráulica na faixa de 20 toneladas det&eac...


Iniciando o calendário de eventos voltados ao agronegócio, a Case Construction Equipment, marca da CNH Industrial, junto ao seu concessionário para o Sul do país, JMalucelli Equipamentos, traz ao Show Rural Coopavel 2020, os equipamentos de construção que impulsionam também os negócios no campo.

De 3 a 7 de fevereiro em Cascavel, (PR), Case apresentou aos visitantes a retroescavadeira 580N, a pá carregadeira 621E e escavadeira CX220C e a minicarregadeira SR200.

Segundo Maurício Moraes, gerente de marketing da Case para América Latina, a retroescavadeira Case 580N tem motor Case/FPT MAR-I/Tier 3 com 85 hp de potência bruta e peso operacional de 7,858 kg. Com tração dianteira 4x4, o modelo é reconhecido por suas múltiplas aplicações, que vão da construção civil, à indústria e agricultura.

Já a pá carregadeira Case 621E se destaca pela economia no consumo de combustível: o motor eletrônico da Case/FPT N67 Mar-I/Tier3, afirma o executivo, dispõe de duas curvas de potência e dois modos de trabalho (standard e econômico).

O modo econômico garante até 10% de economia de combustível em relação à versão standard.

“A escavadeira hidráulica na faixa de 20 toneladas detém a metade do mercado brasileiro no segmento pela versatilidade”, diz.

A Case CX220C de 22.145 kg e motor Case/FPT de 147,8 hp, opera tanto em serviços leves quanto em minerações e escavações de médio porte.

A minicarregadeira Case SR200, também chamada de Skid tem diversas aplicações na construção, na indústria e no agronegócio.

Por ser compacta, comenta o executivo, a máquina é indicada para lugares com limitação de espaço e oferece alta produtividade e baixo custo operacional.

O equipamento pode ser utilizado com uma vasta gama de implementos, como caçamba, garfo pallet, rompedor hidráulico e vassoura e tem como vantagem o baixo consumo de combustível e a facilidade de operação.

Segundo Moraes, gerente de marketing da Case para América Latina, a versatilidade e a potência são algumas das vantagens que tornam os equipamentos indicados para quem busca a produtividade no dia a dia dos plantios e lavouras.

“As máquinas de construção são importantes aliadas do agronegócio, pois elas garantem a alta capacidade em aplicações de infraestrutura bem como nos processos de carregamento, no preparo do solo e também na área produtiva. Grande parte das nossas vendas são deste segmento e por isso, fazemos questão de nossa participação na Coopavel que é a estreia nos grandes eventos do setor, reforçando sempre e cada vez mais a nossa sinergia com a Case IH”, completa.