FECHAR
FECHAR
10 de outubro de 2018
Voltar

PRODUÇÃO / BNDES reduz exigência de conteúdo nacional

“Um ponto positivo é a flexibilidade que a nova metodologia traz para que as empresas possam optar por caminhos de credenciamento vinculados à sua estratégia”, afirmou Neves.

Uma empresa que hoje tenha produtos com 60% de matérias-primas nacionais apenas para cumprir a exigência do BNDES poderá ampliar o uso de insumos importados e compensar isso com os itens qualificadores.

Para Neves, a nova metodologia permitirá aumento da competitividade das empresas e crescimento do número de bens de capital credenciados, ampliando a competição. O resultado poderá ser redução de preços para o cliente final.

“Será melhor, porque [a nova metodologia] consegue mensurar esse esforço que as empresas fazem em inovação, que é intangível”, disse Giselle Rezende, gerente de financiamento da Abimaq (Associação Brasileira de Máquinas e Equipamentos).

Produção editorial: Revista M&T – Desenvolvido e atualizado por Diagrama Marketing Editoral