FECHAR
FECHAR
20 de maio de 2019
Voltar

TECNOLOGIA

Abimaq apresenta o Banco de Dados Colaborativo do Agricultor

Com o BDCA, os fabricantes podem compartilhar parte ou a totalidade dos dados gerados, atendendo à demanda dos agricultores de integração das informações provenientes de máquinas de diferentes marcas
Fonte: Assessoria de Imprensa

Para falar sobre gerenciamento de dados, a  Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq) apresentou durante a Agrishow, maior evento de tecnologia para maquinários agrícolas da América Latina, realizada em Ribeirão Preto, SP, o Banco de Dados Colaborativo do Agricultor (BDCA) que tem como tem como propósito unir e consolidar todos os dados de máquinas e sensores de diferentes marcas em um único local para que o agricultor não dependa do sistema de um único fabricante para a visualização.

De acordo com Pedro Estevão, presidente da Câmara Setorial de Máquinas e Implementos Agrícolas (Csmia), da Abimaq, os fabricantes podem compartilhar parte ou a totalidade dos dados gerados, atendendo à demanda dos agricultores de integração dos dados provenientes de máquinas de diferentes marcas

“Serão compartilhadas informações para ajudar o agricultor na tomada de decisão, desde posição, velocidade, população de sementes, volume de aplicação de líquidos (pulverização), dentre outras. O tipo de informações compartilhadas será dinâmico e poderá variar conforme demanda dos fabricantes e agricultores, arbitradas no conselho gestor”, afirma Estevão,

Empresas como a Baldan, Jacto, Jumil, Marchesan, Miac, Stara e Vence se uniram para apoiar a criação do BDCA.

“O projeto piloto com as empresas foi elaborado, sendo possível verificar demonstração de suas funcionalidades. Estima-se em 12 meses o tempo necessário para completar o projeto”, completa.

“Inicialmente poderão participar do projeto as empresas associadas à Abimaq, as demais demandas serão analisadas por um conselho gestor”, finaliza Estevão.