FECHAR
FECHAR
16 de dezembro de 2016
Voltar
Entrevista

"Vemos oportunidades onde outros só enxergam medo"

Há cerca de um ano, a fabricante brasileira de rolos e tambores para transportadores de correias Parcan Indústria Metalúrgica foi adquirida pelo Grupo Superior Industries, considerada a maior fabricante de transportadores dos Estados Unidos. Desde então, a empresa localizada em Rafard (SP) passa por uma restruturação completa.

A operação tem sido acompanhada de perto pelo CEO global da Superior, Micah Zeltwanger. Nascido em Hancock, Minnesota, o executivo é formado em administração de empresas e gestão pela Universidade de Minnesota Carlson School of Management. Sua trajetória na Superior iniciou em 2000, inicialmente como diretor de sistemas de informação e, depois, como gerente de produção. De 2004 a 2010, Zeltwanger atuou também como vice-presidente de vendas e marketing.

Em 2010, o executivo assumiu a posição de CEO da empresa e, desde então, sua gestão tem sido marcada por uma estratégia agressiva de expansão. Sob sua liderança, a Superior vem realizando inúmeras aquisições, incluindo plantas nos Estados Unidos, Canadá e Brasil. Em recente visita à sede da Parcan, Zeltwanger concedeu entrevista exclusiva à M&T, na qual discorre sobre o que espera para a empresa no país e no mercado latino-americano. Acompanhe os principais trechos.

O que levou a Superior a fazer essa aquisição?

A Superior começou suas operações há 40 anos, produzindo rolos e tambores. E a Parcan também começou nos anos 1970 com a mesma atividade, desenvolvendo especialmente rolos e tambores para mineração pesada, uma área não atendida pela Superior. Desde o início, a linha de produtos da Superior é focada mais no mercado leve, no mercado de agregados, de grãos, de peneiras. E, como a Parcan desenvolvia produtos apenas para o Brasil, a Superior enxergou uma oportunidade de entrar nesse nicho. Afinal, a Parcan fornece rolos para as principais empresas do setor de mineração, sendo considerada uma das principais fabricantes do país. Assim, a Superior comprou 100% das ações da Parcan.

Quais mudanças foram realizadas na fábrica desde a compra?

Nossa meta para a integração é de preservar o que há de melhor na Parcan, como a tecnologia de produto e fabricação e o controle de qualidade, enquanto trazemos dos EUA as melhores práticas de segurança no trabalho, organização da fábrica e eficiência de processos.

Produção editorial: Revista M&T – Desenvolvido e atualizado por Diagrama Marketing Editoral